Você está em:

Jornal repercute pesquisa sobre grutas que são locais de devoção

O jornal Estado de Minas desta quarta-feira divulgou pesquisa do professor da PUC Minas Luiz Eduardo Panisset Travassos. O professor, vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Geografia, estudou as grutas que são espaços de oração, presentes em todo o mundo. Luiz Edardo Travassos visitou grutas da Bahia, Goiás e Minas Gerais. Esteve também na Itália, Alemanha e Hungria.

De acordo com o pesquisador, desde a pré-história os homens usam cavernas como abrigos e ambientes de rituais de caça, fertilidade etc. “Já durante o Império Romano, os cristãos foram perseguidos e passaram a fazer seus cultos em locais subterrâneos”.

Conforme explica o professor Luiz Travassos, em algumas cidades as peregrinações remontam ao ano 292 da era cristã. “Trata-se de uma união entre a fé e a natureza”, explica.

A matéria completa pode ser lida na editoria Gerais na página 25.