Você está em:

Jornais mineiros destacam reconhecimento do Vaticano à Nhá Chica

Os jornais O Tempo e Super destacaram nesta quarta-feira a consagração de Bento XVI à Nhá Chica, que recebeu o titulo de venerável, primeiro passo no processo de reconhecimento como santa. Conhecida por ajudar os enfermos, Nhá Chica dedicou sua vida à caridade. Conforme as publicações, “depois de mais de cem anos do seu falecimento, a ‘serva do Senhor’ teve reconhecida pela Igreja Católica as chamadas virtudes humanas. Para conseguir o feito, foram analisados, além do modo de vida de Nhá Chica, sua religiosidade e fé”.

Atualmente o Vaticano analisa um suposto milagre ocorrido por intercessão de Nhá Chica. Trata-se da cura de uma mulher que deveria passar por uma cirurgia cardíaca. Misteriosamente, sem a intervenção dos médicos, ela ficou completamente curada. Mais de 15 exames,comprovaram sua plena recuperação.

Nhá Chica nasceu em um distrito de São João del Rei, filha de mãe escrava e pai supostamente branco. Analfabeta, de família religiosa, conquistou admiradores de diferentes classes sociais.

No dia 18 de janeiro, o site da Arquidiocese de BH já destacava o reconhecimento do Vaticano. Clique aqui e leia mais informações.