Você está em:

Começa hoje o 2º Simpósio Nacional de Mudanças Climáticas e Justiça Social – 14 a 16 de março

Fórum Mudanças Climáticas e Justiça Social (FMCJS), organismo ligado à Comissão Episcopal Pastoral para a Caridade, Justiça e Paz, da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), organiza o 2º Simpósio Nacional de Mudanças Climáticas e Justiça Social, de 14 a 16 de março no Centro de Formação Vicente Cañas, no município de Jardim Ingá (GO). 

Segundo o sociólogo e coordenador do Fórum, Ivo Poletto, o objetivo do Simpósio é que os setores sociais (movimentos, organizações, sociedade em geral) e a Igreja, mobilizados para influir nas políticas públicas, alcancem encaminhamentos concretos sobre a questão ambiental, fazendo frente às mudanças climáticas. “É nosso objetivo também disseminar informações, gerar consciência crítica e mobilizar a sociedade civil visando contribuir para o enfrentamento das causas estruturais do aquecimento global que provoca mudanças climáticas em todo o planeta”, destacou o sociólogo.

Um ato público com a expectativa da presença de ministros de Estado e autoridades religiosas está marcado para o último dia do Simpósio. Os presentes vão debater sobre perspectivas das políticas públicas voltadas para as mudanças climáticas. Além disso, os participantes aprovarão uma carta-compromisso na qual serão estabelecidas metas a serem cumpridas e ações concretas para combater o aquecimento global em território nacional. O local escolhido para o ato público foi o Centro Cultural de Brasília (CCB), que fica na 601 Norte, módulo B.

O Simpósio tem o apoio do Fundo Nacional de Solidariedade, da Campanha da Fraternidade, da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB); do Conselho Indigenista Missionário (Cimi); da Misereor (instituição ligada à Igreja Católica da Alemanha), a Agência Católica para o Desenvolvimento Exterior (CAFOD), da DKA e da Coordenadoria Ecumênica de Serviço (CESE).