Você está em:

Celebrações da Vigília Pascal – 23/04

A Vigília Pascal, um convite da Igreja Católica para os cristãos se reunirem em vigília e oração, foi celebrada na noite deste sábado, dia 23.  A celebração se divide em quatro momentos: bênção do fogo, do Círio Pascal, da água batismal e a celebração eucarística.

O Fogo Novo lembra a fé, a luz e a vida que Cristo nos trouxe e que deve influenciar toda a nossa vida. Com o Fogo Novo, acende-se uma grande vela, o Círio Pascal, que é levado para a igreja e benzido solenemente. Na bênção da fonte batismal são realizadas leituras. Na última parte da Vigília Pascal há a celebração da santa missa. Terminada a celebração, os fiéis voltam para seus lares, cada família levando uma vela acesa, representando a luz de Cristo.

Dom Walmor Oliveira de Azevedo, arcebispo metropolitano da Arquidiocese de Belo Horizonte, que presidiu a a celebração da Vigília Pascal no Santuário Arquidiocesano de Adoração Perpétua Catedral Nossa Senhora da Boa Viagem, comentou a expressiva participação dos fiéis durante as celebrações desta Semana Santa, ressaltando que esta é uma grande oportunidade de se fazer um retiro espiritual em todas as comunidades de fé. “A participação de tantas pessoas é uma grande alegria para ser vivida neste Tempo Pascal. Que cada um viva e vivencie diáriamente na perspectiva de  Deus. Ele como centro de tudo.”

O arcebispo foi aplaudido ao final da celebração, quando deixou sua mensagem de Páscoa a todos os cristãos: “Desejo uma Páscoa muito feliz e um Tempo Pascal, nos próximos 50 dias na presença de Cristo. Que cada um coloque a luz de Cristo ressuscitado em sua vida. Que esta alegria de Jesus Cristo ressuscitado nos inunde, nos sustente e nos faça crescer em comunhão. Para que sejamos discípulos e discípulas de Deus, anunciadores de sua vitória, construtores de sua paz. Que Deus seja louvado e que o nosso amor por Ele se multiplique sem cessar em nossas vidas.”

O bispo auxiliar da Arquidiocese de Belo Horizonte, dom Luiz Gonzaga Fechio, presidiu a celebração da Vigília Pascal na Paróquia São José e São Gabriel Passionista, bairro Milionários.

Durante a homilia, destacou  a celebração como a mais bonita e a mais importante do ano inteiro. Segundo dom Luiz, muitos católicos permanecem na morte de Cristo e depois vão embora, mas o sentido maior está em compreender que Deus não provou que nos ama colocando seu Filho na cruz, mas, tirando-o de lá e fazendo-o ressuscitar. “O sentido do sofrimento de Cristo é o amor e o sentido da celebração é porque acreditamos que todo esse amor valeu à pena”.

No final, convidou os fiéis a olharem para o Círio Pascal com a certeza da presença de Cristo e a voltarem para suas casas com o coração cheio de alegria.

 – Acompanhe aqui a repercussão da Semana Santa na mídia