Você está em:

1ª Exposição de Arte Sacra promove resgate artístico, religioso e cultural de Juiz de Fora

A Arquidiocese de Juiz de Fora realiza a 1ª Exposição de Arte Sacra Juiz de Fora: Nossa História é de Fé, Nossa Igreja Tem Artedos primórdios ao jubileu áureo da Arquidiocese, que faz um resgate artístico, religioso, histórico e cultural de Juiz de Fora
 
A mostra está aberta ao público, na Catedral Metropolitana até o dia 20 de setembro, com visitação de terça a domingo, das 10h às 20h. 
 
A exposição traz desde objetos do século 18 até os tempos atuais. Os visitantes poderão conferir documentos manuscritos, imagens sacras, objetos e paramentos litúrgicos, além de fotografias. A programação cultural é uma atração a mais para quem participar das atividades. 
 
De acordo com o arcebispo metropolitano, dom Gil Antônio Moreira, o evento enfatiza a participação da Igreja Católica desde o início do povoamento da área. “Mostrar a longa presença benfazeja da Igreja na região de Juiz de Fora, desde o início de seu povoamento, quando esses homens pioneiros trouxeram em seus corações a força de sua fé”, destaca.
 
Programação
 
Visitas guiadas às instituições católicas históricas de Juiz de Fora, durante o mês de agosto, sempre às 14h. Abordagem de aspectos históricos e culturais do local, além de fazer um breve relato sobre o funcionamento da instituição visitada. A visitação é gratuitas e abertas ao público em geral. Inscrições pelo telefone (32) 3229-5467. 
 
Calendário de visitas: 
– Dia 10/08: Igreja da Glória
– Dia 17/08: Biblioteca Redentorista
– Dia 24/08: Seminário Arquidiocesano Santo Antônio
 
– Missa dia 14 de agosto, às 18h, com a presença da Orquestra e Coral Pró-Música na Catedral Metropolitana. A celebração é em ação de graças pelos artistas que construíram e ornamentaram a Catedral Metropolitana, pelos músicos e cantores e demais profissionais de arte sacra da Arquidiocese de Juiz de Fora.
 
1º Seminário de Bens Culturais da Igreja em Juiz de Fora19 de setembro, de 8h às 18h, no Teatro Pró-Música. Pela manhã, palestra do diretor do Arquivo Metropolitano da Arquidiocese de São Paulo e Juiz do Tribunal Interdiocesano de São Paulo, Monsenhor Dr. Rubens Miraglia Zani,  sobre a “Diplomática de documentos papais”.  À tarde, a coordenadora do inventário do Patrimônio Cultural da Arquidiocese de BH, Mônica Eustáquio Fonseca falará sobre “O inventário do Patrimônio Cultural, política de salvaguarda dos bens culturais da Igreja – a experiência da Arquidiocese de Belo Horizonte”. O período da tarde ainda terá exposição do coordenador da Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Histórico Cultural e turístico de Minas Gerais, promotor Marcos Paulo de Souza Miranda, falando sobre “A Atuação do Ministério Público na defesa do Patrimônio Cultural Sacro”.
 
As inscrições para o seminário podem ser feitas até o dia 31 de agosto, no site da Arquidiocese de Juiz de Fora.  Outras informações pelo telefones (32) 3690-7044 e 3690-7045.