AÇÕES E NÚMEROS QUE MUDAM VIDAS

Graças às contribuições e à solidariedade dos doadores, os projetos sociais que a Faço Parte apoia somaram 329.710 atendimentos em 2018

O trabalho social da Arquidiocese de Belo Horizonte, realizado pela Providens -Ação Social Arquidiocesana-, se expandiu e conta com mais atendimentos realizados. A Providens reúne diferentes iniciativas que oferecem acolhida a idosos e enfermos, pessoas sem vínculos familiares, população em situação de rua, crianças de vilas e favelas.

A Acolhida Solidária Dom Luciano Mendes de Almeida, por exemplo, totalizou 8.171 atendimentos no ano de 2018. O serviço zela pela dignidade dos mais pobres e dos excluídos, entregando aos mais pobres donativos como roupas e cestas básicas. Oferece ainda orientação jurídica a quem não pode pagar por um advogado.

Sua contribuição também foi importante para garantir os 184.553 atendimentos realizados pela Casa de Apoio à Saúde Nossa Senhora da Conceição a pessoas com HIV, oferecendo acolhimento, acompanhamento ao tratamento e assistência social.

O  Projeto Providência, que oferece atividades socioeducativas para crianças de vilas e favelas, ampara 1.700 pequeninos (em 2017, eram 1.600, e em 2016,  1.500).

 

O Programa Família Acolhedora realizou 4.526 atendimentos em 2018, na missão de encontrar um lar temporário para crianças retiradas da guarda dos pais ou responsáveis por meio de medida protetiva de acolhimento.

O Lar Frei Leopoldo  faz o acolhimento institucional de meninas dos 7 aos 12 anos, a maioria órfã ou, por alguma razão, desligada do convívio dos pais pelo Juizado de Menores. Totalizou 1.259 atendimentos em 2018,  assegurando o direito à moradia, saúde, alimentação e educação.

O Vila Fátimaatua no fortalecimento dos vínculos familiares e comunitários dos jovens. O objetivo é prevenir situações de vulnerabilidade social. Foram realizados 13.410 atendimentos, por meio de atividades socio-educativas – oficinas de robótica, jogos digitais, fotografia, educação financeira, formação humana, artesanato e gestão e empreendedorismo.

A Casa Santa Zita proporciona cuidado, abrigo e a atenção essencial à integridade física e emocional a idosos que por algum motivo perderam os vínculos familiares e sociais. Somente em 2018, foram realizados 96.440.

Graças à força da solidariedade, as ações sociais mantidas pela Providens alcançaram expressivos números. Foram 329.710 atendimentos.

SOLIDARIEDADE E FÉ NAS AÇÕES PASTORAIS

Além dos projetos sociais, as Pastorais ligadas à Arquidiocese de Belo Horizonte prestaram, em 2017, assistência a milhares de pessoas vulneráveis, por meio de diferentes linhas de atuação:

AÇÕES SOCIAIS

FAÇA PARTE DE UM MUNDO MAIS SOLIDÁRIO

Acredite na força transformadora da sua ajuda.

Em Belo Horizonte, milhares de crianças em situação de fragilidade social, moradores de rua, dependentes químicos, enfermos e idosos que perderam seus laços sociais e familiares lutam para sobreviver, sem ter alguém que se preocupe, sem fazer parte da vida de ninguém.

Para acolher essas pessoas e fazer com que se sintam integradas à sociedade, a Arquidiocese de Belo Horizonte criou o Programa Faço Parte, que todos os anos faz mais de 215 mil atendimentos, por meio de diferentes projetos sociais que atuam na Região Metropolitana.

Trabalhamos para vencer o abandono e a desesperança, promovendo o cuidado afetuoso e a inclusão solidária.Para isso, precisamos da sua ajuda. Seja mais um elo dessacorrente do bem. Conheça nossos projetos e saiba como é bom fazer parte e ser importante na vida de quem precisa.

PROJETO PROVIDÊNCIA
PROJETO PROVIDÊNCIA

PROJETO PROVIDÊNCIA

Educação, esporte e respeito ao meio ambiente

Associação Projeto Providência contribui para que crianças e adolescentes se tornem cidadãos comprometidos com o bem comum. Para manter suas atividades, a Associação organiza uma campanha de apadrinhamento. Com uma pequena contribuição, todos podem ajudar os trabalhos que objetivam promover o desenvolvimento integral das crianças e jovens.

Saiba mais
PROJETO VILA FÁTIMA
PROJETO VILA FÁTIMA

PROJETO VILA FÁTIMA

Fortalecimento de vínculos familiares e comunitários

Com o objetivo principal de fortalecer os vínculos familiares e comunitários, a fim de prevenir situações de vulnerabilidade pessoal e social, o projeto, iniciado em 2012, é desenvolvido pela Arquidiocese de Belo Horizonte, por meio da PUC Minas e Providência Nossa Senhora da Conceição.

Saiba mais
Projeto Casa
Projeto Casa

Projeto Casa

Direito à moradia

Criado a partir da Campanha da Fraternidade do ano de 1993, que teve como tema “Onde Morar?”, o Centro de Apoio aos Sem-Casa (CASA) busca assessorar, apoiar e animar os núcleos organizados de moradia, na abrangência da Arquidiocese de Belo Horizonte, e fortalecer a espiritualidade entre todos os que se dedicam à efetivação do direito à moradia.

Saiba mais

Para falar conosco, tirar dúvidas e Fazer Parte, preencha o formulário abaixo. Retornaremos o seu contato o mais breve possível.