Você está em:

Universidade – lugar para o debate

“Proclama a Palavra, insiste oportuna ou inoportunamente, convence, repreende, exorta, com toda a paciência e com a preocupação de ensinar. Pois vai chegar um tempo em que muitos não suportarão a sã doutrina, mas conforme seu gosto se cercarão de uma série de mestres que só atiçam o ouvido. E assim, deixando de ouvir a verdade, eles se desviarão para as fábulas. Tu, porém, vigia em tudo, suporta as provações, faze o trabalho de um evangelista, desempenha bem o teu ministério. ” (2Tm 4,2-5)

Universidade – lugar para o debate

Considerando a manifestação de preocupações por parte de cristãos católicos com a realização de eventos acadêmicos em instituições católicas de ensino superior, especificamente na FAJE, Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia, com sede em Belo Horizonte, que reúnem pesquisadores, estudiosos e acadêmicos para escuta e confrontos científicos – com frequência, a partir de posições divergentes – se esclarece: universidade vem do latim universitas”, que remete à universalidade, ao universo, ao todo, ao conjunto de todas as coisas. A academia é, assim, também o lugar do confronto civilizado de ideias e visões de mundo, incluindo as divergentes.

Quando uma universidade católica recebe pesquisadores ou eventos que não partilham os preceitos da Igreja não está “divulgando” o que é contrário à fé. Está no exercício de seu dever, que é promover debates, diálogos, o que exige o convívio respeitoso com o diferente, o encontro de perspectivas variadas. Desse modo, gera oportunidade para divulgar, aprofundar o conhecimento sobre a Doutrina Católica nos seus parâmetros, valores e princípios. Afinal, até para estabelecer contrapontos, é preciso conhecer outras visões de mundo, em profundidade. O propósito do debate acadêmico é, pois, contribuir para mostrar as verdades e os valores cristãos católicos, mesmo quando se escuta o que é divergente da Doutrina Católica. Vale ter clareza a respeito da distinção entre o que é debate acadêmico e promoção.

Os debates não  tratam, absolutamente, de promoção de uma ideologia, o que seria inaceitável por negar a identidade da instituição católica de educação. São momentos para conceitos serem discutidos, envolvendo pessoas com diferentes pontos de vista. Importante, ainda, ressaltar que as universidades católicas inspiram-se no exemplo máximo de Jesus, que sabia ouvir, acolher, inclusive para orientar, mesmo aqueles que não estavam abertos à Boa Nova. A FAJE – Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia, em sua missão educativa, fiel aos princípios do Evangelho e conforme a Doutrina Católica, busca oferecer respostas diante de desafios pós-modernos, iluminar a realidade com princípios e valores alicerçados na fé em Jesus Cristo.

Vale como princípio pétreo a recomendação do apóstolo Paulo a Timóteo: “Proclama a Palavra, insiste oportuna ou inoportunamente, convence, repreende, exorta, com toda a paciência e com a preocupação de ensinar. Pois vai chegar um tempo em que muitos não suportarão a sã doutrina, mas conforme seu gosto se cercarão de uma série de mestres que só atiçam o ouvido. E assim, deixando de ouvir a verdade, eles se desviarão para as fábulas. Tu, porém, vigia em tudo, suporta as provações, faze o trabalho de um evangelista, desempenha bem o teu ministério. ” (2Tm 4,2-5)

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Belo Horizonte