Você está em:

Padre Mauro Luiz da Silva defende tese sobre patrimônio sacro da Arquidiocese de BH e o afro-patrimônio da Capital Mineira

O padre Mauro Luiz da Silva, pároco da Paróquia Jesus Missionário e Curador do Muquifu, defenderá tese de doutorado sobre o patrimônio sacro da Arquidiocese de Belo Horizonte e o afro-patrimônio da Capital Mineira a partir de dois templos: a Capela do Rosário (1819), construída pela Irmandade de Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos, no antigo arraial do Curral Del Rey; e a Capela Maria Estrela da Manhã (2008), construída pelo Grupo de Mulheres da Vila Estrela.

A defesa da tese, pela PUC Minas, será no dia 17 de dezembro, às 14 horas, em sala virtual.

A tese faz um recorte temporal (1819 – 2008), quando foram analisadas as políticas patrimoniais articuladas no Brasil e a relação entre a Igreja, Estado e os Reinados Negros, na perspectiva da construção das políticas nacionais de patrimônio, da cultura afro-brasileira e do afro-patrimônio.