Você está em:

Dom Walmor inaugura Espaço Memória em comemoração aos 15 anos da Conferência de Aparecida

O Arcebispo de Belo Horizonte e presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Walmor Oliveira de Azevedo, inaugurou o Espaço Memória alusivo aos 15 anos do Documento de Aparecida e da realização da V Conferência Geral do Episcopado Latino-Americano e Caribenho, na tarde desta quinta-feira, 12 de maio, no Santuário Nacional Nossa Senhora Aparecida. “Esse Espaço Memória não significa apenas guardar a memória de um fato do passado, mas trata-se, também, de instrumento para reavivarmos os nossos corações e, conforme o grande desejo do Papa Francisco, preservar a força espiritual e missionária da Conferência de Aparecida, consignada no documento de Aparecida’, afirmou o presidente da CNBB, dom Walmor.

Integrantes da Presidência da CNBB, o presidente do Conselho Episcopal Latino-Americano (Celam) e assessores das duas entidades também participaram da inauguração do Espaço Memória

Ainda nesta quinta-feira, dia 12, às 19h, fiéis se unem para a recitação do Terço, em agradecimento pelos 15 anos da Conferência de Aparecida. Na sexta-feira, dia 13, às 9h, dom Walmor Oliveira de Azevedo preside Missa em ação de graça pelos 15 anos da abertura da V Conferência Geral. A Celebração Eucarística e a oração do Terço serão transmitidas pela TV Horizonte ( 30.1 HDTV) e redes sociais, Facebook e Youtube da CNBB.

Espaço Memória

O Espaço Memória abriga uma exposição com cerca de 70 fotografias, no piso principal do Santuário, que fazem memória da V Conferência Geral do Episcopado Latino-Americano e Caribenho, mas também de outras que retratam a história das Conferências Episcopais Latino-Americanas: desde a do Rio de Janeiro, em 1955, passando por Medellín, Puebla e Santo Domingo.

Conferência Geral de Aparecida

O dia 13 de maio marca os 15 anos da abertura da V Conferência Geral do Episcopado Latino-Americano e Caribenho, realizado em 2007. O encontro, cujo fruto mais expressivo é o Documento de Aparecida, foi marcado pela visita do Papa Bento XVI ao Brasil e apresentou novas perspectivas pastorais para o continente.