Você está em:

Dom Walmor celebra a Eucaristia no centenário da chegada de dom Cabral à Arquidiocese de Belo Horizonte

O arcebispo dom Walmor Oliveira de Azevedo celebrou Missa, nesta sexta-feira, 22 de abril, pelo centenário do início de ministério de dom Antônio dos Santos Cabral na Arquidiocese de Belo Horizonte. Dom Cabral (1884-1967), primeiro arcebispo metropolitano, chegou à Arquidiocese de Belo Horizonte em abril de 1922, acolhendo nomeação do Papa Bento XV. Antes, dom Cabral exerceu o seu ministério na Diocese de Natal, Rio Grande do Norte.

 

Conforme descreve a historiadora Luciana Araújo, do Memorial Arquidiocesano, dom Cabral foi acolhido com festa na Capital Mineira. O Primeiro Arcebispo desembarcou na Estação Central do Brasil, Praça Rui Barbosa, onde centenas de fiéis estavam reunidos para recebê-lo. A sua chegada ocorreu pouco mais de um ano após a criação da então Diocese de Belo Horizonte – 11 de fevereiro de 1921. Reconhecido por sua dinamicidade e empreendedorismo, dom Cabral estabeleceu as bases para o crescimento da Arquidiocese de Belo Horizonte. Dentre as suas realizações estão a criação do Seminário Arquidiocesano Coração Eucarístico de Jesus (Sacej) e de muitas paróquias, além da organização do II Congresso Eucarístico Nacional, em 1936.  Clique aqui e conheça mais sobre a história de dom Antônio dos Santos Cabral e suas contribuições para a história da Arquidiocese de Belo Horizonte.

 

A celebração presidida por dom Walmor nesta sexta-feira foi concelebrada pelo padre Reginaldo Dutra Pessanha. A Missa marcou também a celebração da Páscoa de Jesus com os colaboradores e colaboradoras do Palácio Cristo Rei.