Santuário Arquidiocesano
Você está em:

Homenagem ao querido Monsenhor João Batista Assunção

A Paróquia Nossa Senhora da Paz do bairro Cachoeirinha se reuniu na noite de terça-feira, dia 26 de julho para prestar homenagem ao querido Monsenhor João Batista Assunção que se fosse vivo estaria completando 100 anos de vida. Monsenhor João foi pároco da Paróquia durante o período de 21 de fevereiro de 1965 a 02 de fevereiro de 1996, tornando mais tarde vigário emérito. No decorrer destes anos ele juntamente com o apoio da comunidade construiu a Igreja Matriz de Nossa Senhora da Paz.

A homenagem iniciou com celebração eucarística presidida pelo Pe. José Januário Moreira, atual vigário episcopal da Região Nossa Senhora da Piedade e ex-pároco da Paróquia Nossa Senhora da Paz e grande amigo de Monsenhor João e concelebrou Pe. Antônio Moacir Rocha, atual pároco e vigário episcopal da Região Episcopal Nossa Senhora da Conceição. Pe. Antônio Moacir deu as boas vindas, e disse da alegria desta noite de poder celebrar a data bonita do nascimento do Monsenhor João, que se estivesse vivo estaria completando 100 anos. 100 anos que ele nasceu, veio ao mundo, marcou história e serviu a nossa comunidade paroquial por muitos anos.

Pe. Januário iniciou a celebração dizendo que quando adentrava na igreja, junto com Pe. Antônio Moacir viu nitidamente duas famílias, a família de Monsenhor João Batista e seus entes queridos, e a família da Paróquia N Sra. da Paz, a família de coração também de Monsenhor João. E completou dizendo que aqui viemos celebrar ação de graças, gratidão e contemplação. Em seguida foi apresentado um vídeo de Dom Walmor, que não pode estar presente. Segue um trecho desta mensagem; “O evangelho nos apresenta quem é o bom pastor, Jesus, que dá vida por suas ovelhas. A exemplaridade de Cristo é uma convocação para cada pessoa, para dedicar a própria vida ao bem do próximo, somos ovelhas sobre o pastoreio de Cristo, mas também recebemos a missão de ser pastores uns dos outros e de cuidarmos uns dos outros. Celebrar a memória do Monsenhor João Batista Assunção é oportunidade para reverenciar o exemplo de quem seguiu com fidelidade o Cristo bom Pastor.

Monsenhor João Batista trilhou o caminho de sua vida com muito amor ao evangelho, proclamando a palavra de Deus em cada gesto, por isto, conquistou amizade de tantas pessoas, construiu um vinculo que transcende a morte, permanecendo vivo mesmo depois da sua partida para a casa do Pai. Abraçou o sacerdócio com especial dedicação consagrando ao serviço do povo de Deus. Neste ano que Arquidiocese de Belo Horizonte celebra seu centenário, rememoramos também os 100 anos do nascimento do saudoso Monsenhor João Batista, a coincidência dessas especiais datas, desses especiais acontecimentos, ajuda a reconhecer que somos todos a mesma igreja. Aquele que nos precederam no encontro com o Pai permanece em comunhão com cada um de nós, inspirando-nos na missão e edificar o Reino de Deus. Louvemos ao Pai pela exemplaridade do Monsenhor João Batista que nos fortalece na nossa missão missionária e nos inspira. Em seguida, os familiares de Monsenhor João entraram com um quadro contendo a foto de Mon. João Assunção. Pe Januário lembrou fatos marcantes da vida de Monsenhor João Batista. Após a celebração foi inaugurado o Centro Cultural Monsenhor João Batista Assunção, com descerramento da placa em homenagem ao centenário do Monsenhor João e da Arquidiocese de Belo Horizonte, pelos padres Antônio Moacir, José Januário e familiares e paroquianos presentes. Foi preparado também com muito carinho uma exposição de paramentos, objetos e fotos que marcaram a vida sacerdotal de Monsenhor João Assunção.

VEJA TAMBÉM