Você está em:

Dia 06 de janeiro, 5ª feira depois da Epifania do Natal

Baixar áudio
-Hoje é dia 06 de janeiro, Quinta feira depois da Epifania do Natal.

- “Hoje se cumpriu esta passagem da Escritura que acabastes de ouvir” (Lc 4,21b). Jesus apresentou na sinagoga em Nazaré, o projeto de Deus ao qual Ele veio para dar testemunho por palavras e exemplos. Ele é o Messias anunciado pelos profetas e inaugura seu ministério público pela força do Espírito Santo. Peça ao Senhor a graça de acolher em seu coração o projeto de Deus e, a exemplo de Jesus, coloca-lo em prática no cotidiano da vida no serviço aos irmãos.

-Escuta o Evangelho de jesus Cristo segundo Lucas capítulo quatro, versículos 14 a 22a

Naquele tempo, Jesus voltou para a Galileia, com a força do Espírito, e sua fama espalhou-se por toda a redondeza. Ele ensinava nas suas sinagogas e todos o elogiavam E veio à cidade de Nazaré, onde se tinha criado. Conforme seu costume, entrou na sinagoga no sábado, e levantou-se para fazer a leitura. Deram-lhe o livro do profeta Isaías. Abrindo o livro, Jesus achou a passagem em que está escrito: O Espírito do Senhor está sobre mim, porque ele me consagrou com a unção para anunciar a Boa Nova aos pobres; enviou-me para proclamar a libertação aos cativos e aos cegos a recuperação da vista; para libertar os oprimidos e para proclamar um ano da graça do Senhor.' Depois fechou o livro, entregou-o ao ajudante, e sentou-se. Todos os que estavam na sinagoga tinham os olhos fixos nele. Então começou a dizer-lhes: 'Hoje se cumpriu esta passagem da Escritura que acabastes de ouvir.' Todos davam testemunho a seu respeito, admirados com as palavras cheias de encanto que saíam da sua boca.

- “Ele ensinava nas suas sinagogas e todos o elogiavam” (Lc 4,15). Voltando à Galileia e sob a força do Espírito Santo, Jesus , ao ensinar, toma a passagem do livro do profeta Isaías em que se apresenta o programa de vida e missão atribuído a Ele mesmo. São anúncios libertadores que favorecem a todos, mas principalmente aos que mais sofrem: os pobres, os cativos, os cegos e os oprimidos. Converse com o Senhor pedindo a graça de estar sempre atento ao seu ensinamento, deixando-se formar por ele para melhor, a exemplo de Jesus e comprometido com seu seguimento, testemunhar sua presença através de sua palavra e ações.

-À luz do evangelho de hoje, deixe-se questionar: busco acolher, permanentemente, os ensinamentos de Jesus? Tenho clareza acerca do seu programa de vida e missão? Busco ser , ao seu exemplo, comprometido com a promoção da libertação e da dignidade das pessoas?

- “Todos os que estavam na sinagoga tinham os olhos fixos nele” (Lc 4, 20b). Enquanto discípulos(as) missionários(as) de Cristo, jamais podemos deixar de nos inspirarmos N’Ele . Somente assim é que seremos fiéis ao seu programa e missão de vida, que seremos uma Igreja em saída. Ouçamos um pequeno trecho do livro “Sem Ele nada podemos fazer. Uma conversa sobre o ser missionário no mundo de hoje” do Papa Francisco na conclusão do mês missionário extraordinário:

“[...] Igreja em saída não é uma expressão de moda que eu inventei. É um mandamento de Jesus, que no Evangelho de Marcos pede aos seus discípulos para irem pelo mundo inteiro e anunciarem o Evangelho “a toda criatura”. A Igreja ou é em saída ou não é Igreja. Ou é em anúncio ou não é Igreja. Se a Igreja não sai se corrompe, perde sua natureza . Torna-se outra coisa”

-Termine sua oração dando graças a Deus pelo ensinamento de Jesus no evangelho de hoje. Suplique a Ele a força do Espírito Santo capaz de inspirar e mover sua vida e seu compromisso com o programa de vida e missão de Jesus.

- Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo: assim como era no princípio, agora e sempre. Amém.