Você está em:

9 de fevereiro, 4ªfeira da 5ª Semana do Tempo Comum

Baixar áudio
- Hoje 09 de fevereiro, 4ª-feira da 5ª Semana Do Tempo Comum.

-O evangelho de hoje narra um importante ensinamento: “o que torna o homem impuro é o que vem do seu interior”. Esta afirmação de Jesus quer combater uma mentalidade muito vigente em seu tempo, segundo a qual algumas práticas externas implicariam diretamente na pureza ou impureza das pessoas. Jesus lança o foco sobre a interioridade humana. Ele quer retirar as pessoas da tentadora armadilha das aparências e conduzi-los para a existência autêntica. Peça ao Senhor que ilumine os recantos do seu coração que precisam de conversão.

-Ouça agora o Evangelho segundo Marcos capítulo 7, versículos de 14 a 23.

-“Ouvi-me todos, compreendei! Nada que de fora entra em alguém o pode tornar impuro, mas o que dele sai é que o torna impuro. Quando Jesus entrou em casa, longe da multidão, os discípulos lhe faziam perguntas sobre essa parábola. Ele lhes disse: “Também vós não entendeis? Não compreendeis que nada de fora entra em alguém o pode tornar impuro, pois não vai para o coração, mas para o ventre e daí para fossa? Assim, ele declarava puro todo alimento. E acrescentou: “O que sai de alguém é que o torna impuro, pois é de dentro, do coração humano, que saem as más intenções: fornicações, roubos, homicídios, adultérios, cobiças, perversidades, fraude, arrogância, inveja, calúnia, orgulho, insensatez. Todas essas coisas más saem de dentro, e são elas que tornam alguém impuro”.

- Jesus veio ensinar para as multidões e os seus discípulos, que a verdadeira pureza não depende da limpeza do corpo. Ou seja, não está nas mãos lavadas antes das refeições. A verdadeira impureza nasce dentro do coração humano, de lá saem as más intenções. Essas mesmas orientações de Jesus são iluminadoras para nós hoje. Ele nos alerta a direcionar o nosso olhar para o que verdadeiramente é impuro e desagrada a Deus: inveja, o roubo, a mentira, adultério... Peça ao Senhor que te ajude a escolher sempre o que lhe agrada e não o pecado.

- Quais superficialidades precisam ser retiradas de sua vida? Até que ponto não existe em você esta mesma preocupação com a aparência, seja por piedade ou estética? De forma ainda mais íntima, que atitudes impuras saem do teu interior?

- “...é de dentro, do coração humano, que saem as más intenções”, nos diz Jesus. Veja o diz a música litúrgica inspirada no Salmo 24:

Senhor quem entrará no santuário pra te louvar?
Quem tem as mãos limpas e o coração puro, quem não é vaidoso e sabe amar.

Senhor, eu quero entrar no santuário pra te louvar.
Oh! Dá-me mãos limpas e um coração puro, arranca a vaidade, ensina-me a amar.

Senhor, já posso entrar no santuário pra te louvar.
Teu sangue me lava, teu fogo me queima. O Espírito Santo inunda meu ser.

- Termine a sua oração agradecendo a Deus que é bondoso, nos purifica e perdoa sempre os nossos pecados por meio do seu querido Filho, Jesus.

-Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo. Como era no princípio, agora e sempre. Amém!