Você está em:

8 de maio, 4º domingo da Páscoa

Baixar áudio
- Hoje é dia 8 de maio, 4º domingo da Páscoa.

- Eis o tempo da Páscoa. Percebemos os sinais do Ressuscitado à medida em que nos abrimos a sua presença. Dele recebemos a vida nova e é na sua luz que caminhamos. Peça ao Senhor que te dê olhos iluminados pela fé capaz de perceber os sinais da ressurreição e Jesus Cristo vivo e presente no meio de nós.

-Escuta o Evangelho segundo João, capítulo 10, versículos 27 a 30:

Naquele tempo, disse Jesus: “As minhas ovelhas escutam a minha voz, eu as conheço e elas me seguem. Eu dou-lhes a vida eterna e elas jamais se perderão. E ninguém vai arrancá-las de minha mão. Meu Pai, que me deu estas ovelhas, é maior que todos, e ninguém pode arrebata-las da mão do Pai. Eu e o Pai somos um”.

- Estamos numa caminhada pascal. Isto exige de nós a abertura do coração para acolher a presença do ressuscitado que caminha conosco. Esta presença nos garante a força para vencermos também nós os desafios da vida e as situações de morte que enfrentamos. Converse com Deus sobre tua fidelidade e disposição nesta caminhada da vida que, enriquecida pela fé na ressurreição, nos alimenta com a esperança que nos leva adiante, a seguirmos em frente, sem jamais parar.

- Sabes escutar a voz de Deus? Consegues enxergar o grande amor que o Senhor tem por ti a ponto de dar a sua própria vida pela tua salvação? Conheces a Deus tão bem como Ele conhece a ti? Como tens feito teu caminho de seguimento ao Senhor?

- “As minhas ovelhas escutam a minha voz, eu as conheço e elas me seguem”, diz Jesus no evangelho de hoje. Escuta a voz de Deus! Ele é teu Pastor. Caminhe no Senhor e ele te conduzirá à vida que esperas. Procures conhecer Deus, e tua intimidade com ele te alimentará para viveres em paz. Veja o que diz Anselm Grun nesta oração:

Jesus, Tu disseste uma palavra maravilhosa sobre ti:
“Eu sou o Bom Pastor. O Bom Pastor dá a vida por suas ovelhas”.
Tu me segues, quando me perdi de mim mesmo, ou se me perdi em algum lugar.
Tu não me repreendes, simplesmente me pões sobre teus ombros amorosos
e me levas para onde eu possa viver novamente.
Tu me conheces e Tu cuidas de mim.
Tu empenhas a tua vida por mim.
Eu sou tão importante para ti, que Tu entregas a tua vida por mim.
Às vezes, quando eu mesmo não posso aceitar-me,
quando me sinto tão sem valor, então a imagem do Bom Pastor me faz bem.
Eu imagino como Tu me carregas em teus ombros. E, então eu sei: minha vida dará certo.
Eu não preciso mais culpar-me por aquilo que foi. Agora vai ficar bem. Agora Tu estás comigo.
Quando Tu estás comigo, eu encontro a pastagem que me alimenta e onde encontro a paz.
Tu és o Bom Pastor que me presenteia com a vida, na verdade, com vida na plenitude.
Faze-me sentir, hoje, esta vida na plenitude.

- Termina tua oração com a confiança de discípulo. Abra teus ouvidos para escutar a voz do Bom Pastor. Acolhe a graça da vida que o Senhor te dá. Viva hoje em sua presença. Experimente estar na palma das mãos de Deus. Ele é teu refúgio e tua fortaleza.

- Glória ao Pai, e ao Filho e ao Espírito Santo; como era no princípio, agora e sempre, Amém!