Você está em:

7 de janeiro, 6ª feria depois da Epifania

Baixar áudio
- Hoje é dia 07 de janeiro de 2022, sexta feira depois da Epifania

- No evangelho de hoje disse o leproso: “Senhor, se queres, podes purificar-me”. Respondeu Jesus: “Eu quero, fica purificado!”. Ao implorar pela purificação da pele, ou seja, pela cura da doença que o acometia, o leproso implora por bem mais do que saúde e uma pele bonita. A lepra, doença sem tratamento eficaz na época, além de trazer prejuízos como a degeneração dos membros, alienava o doente e o condena a viver excluído, longe de sua família, de seus amigos e de sua gente. Ser curado significa recuperar sua autonomia e sua dignidade. Peça também ao Senhor a graça de ser curado de tudo o que o impede de ser você mesmo.

- Escutemos o Evangelho de Lucas capítulo 5, versículos 12 a 16.

Aconteceu que Jesus estava numa cidade, e havia aí um homem leproso. Vendo Jesus, o homem caiu a seus pés, e pediu: 'Senhor, se queres, tu tens o poder de me purificar.' Jesus estendeu a mão, tocou nele, e disse: 'Eu quero, fica purificado.' E, imediatamente, a lepra o deixou. E Jesus recomendou-lhe: Não digas nada a ninguém. Vai mostrar-te ao sacerdote e oferece pela purificação o prescrito por Moisés como prova de tua cura. Não obstante, sua fama ia crescendo, e numerosas multidões acorriam para ouví-lo e serem curadas de suas enfermidades. Ele, porém, se retirava para lugares solitários e se entregava à oração.

-Ao ver Jesus, o leproso não fugiu como era o costume. Aproximou-se corajosamente e pediu a cura. Sabia que no coração daquele Homem de Nazaré havia compaixão e amor suficientes para ajudá-lo. Jesus não se faz de rogado. Não entra na dinâmica excludente da sociedade da época. Sabe que o amor sempre arranja jeito de acolher e integrar todos aqueles que vivem nas periferias existenciais. Peça ao Senhor a graça de amar como Jesus ama.

- Pense um pouco e reflita. Nossa sociedade também é excludente, marcada pelo preconceito e pela segregação dos mais frágeis? Como lutar contra isso? Como acolher, amar e integrar os que a sociedade separou e descartou? Também na Igreja temos encontrado preconceitos e exclusões. Como superar tudo isso e construir uma sociedade de irmãos e irmãs que se amam e se respeitam nas diferenças?

-“Eu quero, fique limpo!”diz Jesus ao Leproso. A vontade de Jesus fez a diferença na vida do leproso. Uma vontade firme e resoluta de vencer a exclusão pode fazer diferença nos ambientes nos quais vivemos. Veja o que diz o poema “Vontade resoluta” de Solange do Carmo:

“Eu quero, fique limpo”
Disse Jesus ao leproso.
E eu, o que quero, meu Jesus?
Conformar-me a esse mundo,
Ou transformar esse quadro horroroso?

Que legado vou deixar, ó Deus amor,
Para os que me sucederem?
Vou reafirmar os preconceitos,
Vou lutar pela inclusão
Ou viver presa a tolos preceitos?

Ó Deus, teu Espírito de luz
Pode dissipar as trevas minhas.
Pode me dar vontade resoluta,
Pra romper com a discriminação,
e superar atitudes tão mesquinhas.

- Rezemos para que o Deus de Jesus Cristo nos ajude a ter um coração generoso e livre para respeitar a todos sem excluir ninguém. Peçamos a ele o seu Espírito de coragem e audácia, capaz de fazer novas todas as coisas.

-Pai Nosso que estais nos Céus, santificado seja o vosso Nome, venha a nós o vosso Reino, seja feita a vossa vontade assim na terra como no Céu.
O pão nosso de cada dia nos dai hoje, perdoai-nos as nossas ofensas
assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do Mal.