Você está em:

7 de dezembro, 4ª feira, Memória de Santo Ambrósio

Baixar áudio
-Hoje é dia 7 de dezembro, 4ª feira, Memória de Santo Ambrósio.

-No evangelho de hoje Jesus toma a palavra e convida a todos que estavam cansados e fatigados com seus fardos a se aproximarem que Ele daria o descanso. Jesus não promete eliminar o jugo, a carga pesada da vida que carregam, mas afirma que quem se propõe a levar os fardos da vida com o auxílio dele, terão fardos e jugos mais leves que quando carregam sozinhos e por si mesmos. Apresente ao Senhor seus fardos, seus cansaços, seus desânimos.

-Escuta o Evangelho de Mateus, capítulo 11, versículo 28 a 30:

Naquele tempo, tomou Jesus a palavra e disse:
"Vinde a mim todos vós que estais cansados e fatigados sob o peso dos vossos fardos,
e eu vos darei descanso. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim,
porque sou manso e humilde de coração, e vós encontrareis descanso.
Pois o meu jugo é suave e o meu fardo é leve".


-No Egito o povo de Deus foi escravo e teve que carregar jugos muito pesados por isso. No tempo de Jesus, os Fariseus que se consideravam muito sábios impunham fardos muito pesados aos judeus por meio do cumprimento fundamentalista da lei. Hoje, de algum modo carregamos jugos pesadíssimos frutos de nossas más escolhas, resultados do nosso apego às pessoas, ideologias, ídolos, bens materiais ou mesmo de nossa realidade cotidiana. Em nenhum momento Jesus promete uma vida sem sacrifícios, Ele promete auxílio, amparo, coragem e alívio no percurso. Não importa o jugo que você leva, Jesus promete te ajudar a carregar. Com docilidade de coração medite este Evangelho.

-Que jugos você tem carregado? Quais são as suas lutas de hoje?

-“Pois o meu jugo é suave e o meu fardo é leve", diz Jesus. Olhamos muito para “nossos problemas”, “nossas dificuldades”, “nossas dores” e olhamos de “menos” para tantos que sofrem, choram e precisam de quem os ajude a carregar seus fardos e cruzes, que são realmente um enorme peso. Ser humilde e manso é reconhecer, também, que podemos ajudar a descansar, aliviar os pesos, suavizar o fardo de tanta gente. E assim entenderemos que estamos bem pertos de Jesus. Diz o Pe. Ermes Ronchi:

“Jesus veio para eliminar a velha imagem de Deus. Não mais um dedo acusador apontado contra nós, mas dois braços abertos. Veio para tornar leve e fresca a religião, a tirar-nos pesos das costas e a dar-nos as asas de uma fé que liberta. Jesus é um libertador de energias criativas, e por isso é amado pelos pequenos e oprimidos da Terra.
Aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração, isto é, aprendei do meu coração, da minha maneira de amar delicada e indômita. Dele aprendemos o alfabeto da vida; na escola do coração, a sabedoria do viver.”

-Termina sua oração dizendo ao Senhor teus fardos, tuas relações fracassadas, teus conflitos, teus medos, tudo o que te perturba e pesa. Confia-os a Jesus, um por um. Pede-lhe a Sua paz, bálsamo para tuas feridas, dom que se sobrepõe a todos os medos.

-Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo. Como era no princípio, agora e sempre. Amém.