Você está em:

5 de março, Sábado depois das Cinzas da Quaresma

Baixar áudio
- Hoje é dia 5 de março, sábado depois das Cinzas da Quaresma.

- Há “quaresmas” na vida que nos atingem “fora do tempo”, em qualquer momento do ano; quaresmas que não queríamos viver e que sabemos que não nos resta outra alternativa a não ser passar por elas: enfermidades, momentos de crise, etapas de ruptura, tempos de luto por um ente querido que se foi, tempo de guerra que não imaginávamos que fosse possível... Mas há quaresmas que são a vida mesma, o tempo cotidiano de muitas pessoas, especialmente dos mais empobrecidos e sofredores de nossa sociedade. Todas estas realidades não são mudas: fazem chegar seus gritos a cada um de nós e nos falam de nossa limitação, de nossa fragilidade, de nosso pecado... Peça ao Senhor pela quaresma que vive o povo da Ucrânia e pela quaresma que você vive.

-Escuta o Evangelho Segundo Lucas, Capítulo 5, versículos 27 a 32.

Naquele tempo: Jesus viu um cobrador de impostos, chamado Levi,
sentado na coletoria. Jesus lhe disse: 'Segue-me.' Levi deixou tudo, levantou-se e o seguiu.
Depois, Levi preparou em casa um grande banquete para Jesus.
Estava aí grande número de cobradores de impostos e outras pessoas sentadas à mesa com eles.
Os fariseus e seus mestres da Lei murmuravam e diziam aos discípulos de Jesus:
'Por que vós comeis e bebeis com os cobradores de impostos e com os pecadores?'
Jesus respondeu: 'Os que são sadios não precisam de médico, mas sim os que estão doentes.
Eu não vim chamar os justos, mas sim os pecadores para a conversão.'

- Jesus chama Levi, um cobrador de impostos. Ele imediatamente deixa tudo para seguir Jesus. É sempre Jesus que se aproxima primeiro. Ele chega e chama os que todos viam como indesejáveis. A sua generosidade mudou a vida de Levi, porque ele se deixou tocar por Jesus. Os olhos dos fariseus e dos doutores da lei estão cegos de preconceito. Os nossos também. Olhe para dentro de você com verdade e veja a sua própria “doença”, a sua fragilidade, “os impostos” que você também cobra. Coloque-se nas mãos de Jesus e se disponha a ir com ele.

- Levi está atento e disponível ao chamado de Jesus. Deixa tudo e segue Jesus. Você está assim disponível e atento? Quantos chamados Jesus já te fez e você nem respondeu? Quem são, para você, os "cobradores de impostos" e a "gente de má fama"? Os indesejáveis, aqueles que exclui do seu mundo, das suas relações?

- Jesus lhe disse: 'Segue-me.' Levi deixou tudo, levantou-se e o seguiu.” O Encontro com Jesus traz alegria e festa. Jesus traz sentido, traz realização, traz alegria. Jesus não escolhe os certinhos e os perfeitos. Vem para quem precisa. O poema “Único”, do Pe. Benjamim Gonzalez Buelta, diz assim:

Quando me chamas
por meu nome,
nenhuma outra criatura
volta para ti seu rosto
em todo o universo
Quando te chamo
por teu nome,
não confundes minha voz
com nenhuma outra criatura
em todo o universo

- Termina tua oração agradecendo a Deus porque Ele te chama todos os dias. Peça coragem para acolher o chamado que Ele te faz.

- Gloria ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo. Assim como era no princípio, agora e sempre. Amém!