Você está em:

31 de julho, 18º Domingo do Tempo Comum | Dia de Santo Inácio de Loyola

Baixar áudio
-Hoje é dia 31 de julho, 18º Domingo do Tempo Comum| Dia de Santo Inácio de Loyola

– O Tempo Comum destaca, em especial, a vida pública de Jesus com acontecimentos do cotidiano. Jesus se encontra com uma pessoa preocupada com a divisão da herança, com os bens materiais. Jesus deixa claro que é uma ilusão a preocupação com as posses e riquezas, elas não são capazes de nos assegurar a vida. Para explicitar ele conta uma parábola que nos ajuda a colocar os valores do Reino em primeiro lugar. Peça ao Senhor que te ajude a ser mais solidário e simples.

- Abra os ouvidos e o coração para acolher o Evangelho de Jesus Cristo Segundo Lucas, Capítulo 12, versículos 13 a 21.

“Alguém do meio da multidão disse a Jesus: ‘Mestre, dize a meu irmão que reparta a herança comigo.’ Ele respondeu: ‘Homem, quem me encarregou de ser juiz ou árbitro entre vós?’ E disse-lhes: ‘Guardai-vos de todo tipo de ganância, pois mesmo que se tenha muitas coisas, a vida não consiste na abundância de bens.’ E contou-lhes uma parábola: ‘A terra de um homem rico deu uma grande colheita. Ele pensava consigo mesmo: ‘Que vou fazer? Não tenho onde guardar minha colheita. Já sei, vou derrubar meus celeiros e construir maiores [...] Então poderei dizer: Descansa, come, bebe, goza a vida!’ Mas Deus lhe diz: ‘Tolo! Ainda nesta noite, tua vida te será tirada. E para quem ficará o que acumulaste?’ Assim acontece com quem ajunta tesouros para si mesmo, mas não se torna rico diante de Deus.”

- A questão que nos é colocada é a seguinte: queremos nos tornar ricos de celeiros ou de coração? Toda forma de ganância tende a nos escravizar. Ela nos distancia das pessoas que amamos, gera rivalidades, é causa de discussões, agressões e violências. A ganância leva a passar por cima de outras pessoas, burlar a lei, negar a justiça e os direitos humanos. Só Deus é a fonte da verdadeira riqueza. Na parábola do homem avarento fica muito claro: de nada adiante fazer grandes planos, encontrar estratégias para acumular mais e mais. Só Deus preenche verdadeiramente nosso vazio interior. Só Deus pode nos garantir a verdadeira vida. Cuidemos de sempre buscar o Reino de Deus em primeiro lugar. Peça essa graça ao Senhor.

- Você investe na verdadeira riqueza para Deus que é a do amor, a do favorecimento da vida, a do descentramento de si mesmo em favor do serviço ao outro, o das obras em favor dos mais pobres e desfavorecidos? Isso é “ser rico para Deus”.

-“Tenham cuidado com qualquer tipo de ganância”. No centro da mensagem de Jesus encontramos a revelação de Deus como Pai e a proclamação da igualdade e da fraternidade de todos os seres humanos. Para ajudar a refletir, acompanhe essa bênção irlandesa que nos leva a valorizar a vida de uma forma leve, livre do espírito de ganância:

Bênção Irlandesa
Que o caminho seja brando aos seus pés,
O vento sopre leve em teus ombros.
Que o sol brilhe cálido sobre tua face,
As chuvas caiam serenas em teus campos.
E até que eu de novo te veja,
Que Deus te guarde na palma de sua mão!
Renova, Senhor, a cada dia, a alegria de te servir e fazer o que é agradável a TI.
Amém!

- Termine sua oração colocando-se diante de Jesus, que vem ao nosso encontro para nos libertar de tudo o que amarra e nos impede de colocar os valores do Reino de Deus em primeiro lugar. Como Santo Inácio de Loyola peça ao Senhor que te ajude a mais amar e servir.

- Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo. Como era no princípio, agora e sempre. Amém!