Você está em:

30 de junho, 5ª feira da 13ª Semana do Tempo Comum

Baixar áudio
-Hoje é dia 30 de junho, 5ª feira da 13ª Semana do Tempo Comum.

-Deixa que a sua oração seja verdadeiramente um tempo para Deus agir em ti e falar ao seu coração. Cultiva o silêncio interior, como um convite para que o Espírito Santo dê voz ao que nem sequer você sabe dizer. Põe-te interiormente a caminho, seguindo Jesus como um discípulo que ainda nada aprendeu, mas deseja tudo aprender do seu Mestre. Se for possível, procura manter a atitude de despojamento e o Senhor irá certamente cuidar de você como só Ele sabe e pode. E, assim começa sua oração.

- Escute o Evangelho de Mateus, capítulo 9, versículos 1 a 8:

Naquele tempo, entrando em um barco,
Jesus atravessou para a outra margem do lago e foi para a sua cidade.
Apresentaram-lhe, então, um paralítico deitado numa cama.
Vendo a fé que eles tinham, Jesus disse ao paralítico:
"Coragem, filho, os teus pecados estão perdoados!"
Então alguns mestres da Lei pensaram: "Esse homem está blasfemando!"
Mas Jesus, conhecendo os pensamentos deles, disse:
"Por que tendes esses maus pensamentos em vossos corações?
O que é mais fácil, dizer: 'Os teus pecados estão perdoados',
ou dizer: 'Levanta-te e anda'? Pois bem, para que saibais que o Filho do Homem
tem na terra poder para perdoar pecados,
- disse, então, ao paralítico -
"Levanta-te, pega a tua cama e vai para a tua casa".
O paralítico então se levantou, e foi para a sua casa. Vendo isso, a multidão ficou com medo e glorificou a Deus, por ter dado tal poder aos homens.

-Esse trecho do evangelho é um dos muitos que mostra Jesus praticando sinais para que o povo perceba o novo tempo que vem chegando com Ele. Um dos sinais mais comuns é a cura. Entretanto, para Jesus o processo de cura da enfermidade corporal vem precedido da cura da alma, que é retratada aqui pela fé daquele paralítico. O próprio Cristo insinua esse ponto quando diz “Teus pecados estão perdoados”, o que provoca a ira dos escribas. Quando Jesus diz “levanta-te e anda”, o impossível se mostra aos olhos de todos que ficam maravilhados por essa manifestação de vida e esperança. O amor de Jesus resgata este homem e lhe devolve a vida. Peça ao Senhor que também cure seu coração de toda dor, de toda paralisia.

- O que em você ficou paralisado, bloqueado? Quais dores, traumas, dificuldades paralisam sua vida? Quais são os medos? Que passos você precisa dar para seguir em frente?

-“"Levanta-te, pega a tua cama e vai para a tua casa", diz Jesus. Deus nos convida a aquecer a fé no nosso coração para que a cura se faça presente, mesmo através de circunstâncias que parecem ser invencíveis. Veja o que diz o poema/oração do Pe. Francys Silvestrini Adão:

Tantos medos me paralisam
Tantos pesos me aprisionam
Tantos erros me atrofiam
Mas Tu não fixas
o olhar em nenhum deles
Tu vês e me fazes ver
o que eu tenho
tanta dificuldade de enxergar
Sou carregado por muitos
Sou amado de graça
Sou colocado aos Teus pés
graças aos pés, mãos e coração
de tantos que me querem bem
Se escuto Tua Palavra
e me alegro com o que Te alegra
já não há pecado, mas perdão
já não há ruptura, mas relação
já não há paralisia, mas movimento
Pois o Amor me resgata
põe-me de pé
devolve-me ao Caminho
para ser cada dia mais
um filho querido do Alto
um irmão entre tantos irmãos

- Termina sua oração pedindo ao Senhor que te cure de toda enfermidade. Cure, sobretudo, da descrença e da falta de alegria que matam em você a vida de Deus.

– Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo. Como era no princípio, agora e sempre. Amém.