Você está em:

3 de outubro, 2ª feira, 27ª Semana do Tempo Comum

Baixar áudio
- Hoje é dia 3 de outubro, 2ª feira da 27ª Semana do Tempo Comum.

-O evangelho de hoje inicia-se com um doutor da Lei que questiona Jesus sobre as atitudes corretas para agradar a Deus e herdar a vida eterna. Jesus lhe pergunta o que está escrito na Lei. Em sua resposta ele une dois mandamentos fundamentais da Lei: amor a Deus e ao próximo. E quem é meu próximo? Pergunta novamente o doutor da Lei. Jesus responde a essa pergunta contando uma parábola. Peça ao Senhor a graça de enxergar nos pequenos, pobres, sofredores o nosso próximo.

- Com abertura de coração, acolha o Evangelho de Jesus Cristo Segundo Lucas, Capítulo 10, versículos 25-37:

“Naquele tempo, um doutor da lei se levantou e, para experimentar Jesus, perguntou: “Mestre, que devo fazer para herdar a vida eterna?” Jesus lhe disse: Que está escrito na lei? Como lês?” Ele respondeu: “Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, com toda a tua alma, com toda a tua força e com todo o teu entendimento, e a teu próximo com a ti mesmo!” Jesus lhe disse: “Respondeste corretamente. Faze isso e viverás”. Ele, porém, querendo justificar-se, disse a Jesus: “E quem é o meu próximo?” Jesus retomou: “Certo homem descia de Jerusalém para Jericó e caiu nas mãos de assaltantes, que lhe arrancaram tudo, espancaram-no e foram embora, deixando-o meio morto. Por acaso descia por aquele caminho um sacerdote, mas ao ver o homem, passou longe. Assim também um levita: Chegou ao lugar, viu o homem e seguiu adiante pelo outro lado. Um samaritano, porém, que estava viajando, chegou perto dele e, ao vê-lo moveu-se de compaixão. Aproximou-se dele e tratou-lhe as feridas, derramando nelas azeite e vinho. Depois, colocou-o sobre seu próprio animal e o levou a uma hospedaria, onde cuidou dele. No dia seguinte, pegou dois denários e deu-os ao dono da hospedaria, recomendando: ‘Cuida dele, e o que gastares a mais, eu o pagarei quando eu voltar’. No teu parecer, quais dos três fez-se próximo do homem que caiu nas mãos dos assaltantes? Ele respondeu: “Aquele que usou de misericórdia para com ele”. Então Jesus lhe disse: “Vai e faze o mesmo”.
- Nem sempre os conhecedores da Lei são os que as colocam em prática. Tanto o Sacerdote quanto o Levita que passaram perto do homem ferido, à beira do caminho, não o socorreram e foram embora. Depois passou um samaritano pelo mesmo caminho e vendo o homem ferido, parou, viu, compadeceu-se dele, curou-lhes as feridas e o levou a uma hospedaria e assumiu as despesas. Jesus mostra quem é o próximo, pois ajudando o que estava à beira do caminho, o samaritano obedece e cumpre o mandamento do amor. Peça ao Senhor força e coragem para viver o mandamento do amor.

- Quais atitudes você tem realizado a serviço da vida? Como você acolhe aos mais sofridos? Procure lembrar as pessoas que se encontram ao seu redor, necessitadas de sua presença e do seu gesto de amor.

- “E quem é o meu próximo?”. “Aquele que usou de misericórdia para com o homem ferido”. Nos diz o Pe. Adroaldo Palaoro:

“A misericórdia, como estilo-de-vida cristã, é força que rompe distâncias e faz “morada no outro”. Ela se constitui como uma “caridade-em-ação” perante o sofrimento alheio, numa atitude fundamental de solidariedade. É a ternura que se traduz em atos em favor da vida e não da morte.
Ela nos descentraliza e nos coloca no caminho do co-irmão, sobretudo daquele mais fragilizado e excluído. É a misericórdia que desperta em nós uma nova sensibilidade a partir do outro, almejando com todas as forças aquilo que é o melhor para ele.”

- Termine sua oração dando graças ao Senhor pela Palavra de hoje. Peça a graça de fazer-se cada vez mais próximo dos outros, comprometido com a vida das pessoas e do planeta.

- O Senhor nos abençoe e nos guarde. O Senhor nos mostre o Seu rosto brilhante. O Senhor nos conceda sempre a sua paz. O Senhor nos abençoe e nos guarde hoje e sempre. Amém!