Você está em:

3 de agosto, 4ª feira da 18ª Semana do Tempo Comum

Baixar áudio
– Hoje é dia 3 de agosto, 4ª feira da 18ª Semana do Tempo Comum.

– No evangelho de hoje Jesus encontra-se com uma estrangeira. Tudo parecia estar contra esta mulher! As circunstâncias da sua vida, a lei, os acontecimentos e até Jesus parece não poder ou não querer fazer nada para a ajudar! Mas, não desiste, porque sabe que Ele pode curar a sua filha doente, e insiste. Peça ao Senhor uma fé firme e decidida.

– Escuta o Evangelho segundo Mateus, capítulo 15, versículos 21 a 28:

Naquele tempo,
Jesus retirou-se para a região de Tiro e Sidônia.
Eis que uma mulher cananeia, vindo daquela região, pôs-se a gritar:
"Senhor, filho de Davi, tem piedade de mim:
minha filha está cruelmente atormentada por um demônio!"
Mas, Jesus não lhe respondeu palavra alguma.
Então seus discípulos aproximaram-se e lhe pediram:
"Manda embora essa mulher, pois ela vem gritando atrás de nós".
Jesus respondeu:
"Eu fui enviado somente às ovelhas perdidas da casa de Israel".
Mas, a mulher, aproximando-se, prostrou-se diante de Jesus,
e começou a implorar: "Senhor, socorre-me!"
Jesus lhe disse: "Não fica bem tirar o pão dos filhos
para jogá-lo aos cachorrinhos".
A mulher insistiu: "É verdade, Senhor; mas os cachorrinhos também comem
as migalhas que caem da mesa de seus donos!"
Diante disso, Jesus lhe disse: "Mulher, grande é a tua fé!
Seja feito como tu queres!"
E desde aquele momento sua filha ficou curada.

– Jesus cura a filha de uma mulher cananeia. A mulher, estrangeira, chega diante de Jesus a fim de pedir que ele cure sua filha. Jesus, no entanto, manifesta a crença do Antigo Testamento de que o Messias viria apenas para Israel, não para os estrangeiros. A fé daquela mulher, que insiste no desejo da cura, mostra que o poder de Deus em Jesus não conhece fronteiras, mas estende-se por todas as nações. Para ela, até mesmo uma migalha de salvação que cai da mesa de Jesus pode ser suficiente para curar a filha. Sua fé a salva, porque assim é com todas as curas realizadas por Jesus: é pela fé que as maravilhas são alcançadas. Peça ao Senhor que aumente sua confiança, sua fé Nele.

– Perante as dificuldades, como você reage? Onde procura ajuda? Confia em Jesus, e n'Ele coloca a sua Fé e a sua Esperança?

– "Senhor, socorre-me!", diz a mulher a Jesus. Que o Senhor possa orientar-nos com sua sabedoria, para que nunca afastemos ninguém da salvação, mas tenhamos sempre a consciência de que todos nós somos dignos e destinatários da salvação que Jesus traz. O místico cristão Henri Nouwen nos lembra que:

É dentro do nosso sofrimento, e nunca fora dele, que Jesus entra em nossa tristeza, toma-nos pela mão, puxa-nos gentilmente, fazendo-nos ficar de pé e nos convida a dançar.
E descobrimos o caminho da oração, como o salmista: "Converteste o meu pranto em dança" (Sl 30,11) porque, no âmago da nossa tristeza, encontramos a graça de Deus.

–Termina sua oração dizendo ao Senhor seus sofrimentos, suas tristezas e peça que Ele te ajude. Confia. O Senhor vem ao teu socorro.

– Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo. Assim como era no princípio, agora e sempre. AMÉM