Você está em:

29 de Julho, 6ª Feira da 17ª Semana do Tempo Comum

Baixar áudio
– Hoje é dia 29 de Julho, 6ª Feira da 17ª Semana do Tempo Comum.

– Somente alguém com tanto amor no coração poderia dizer o que Marta disse a Jesus: “Senhor, se estivesses aqui, meu irmão não teria morrido”. Ela confiou plenamente na pessoa de Jesus e enxergou nele a presença de Deus. Ela sabia que a presença de Jesus livraria seu irmão da morte. A morte significa a ausência de Deus. É o que está contido nessa expressão de Marta. A presença de Jesus ali seria a razão da vida do seu irmão Lázaro. A expressão de Marta é de profunda confiança em Jesus como o promotor da vida. Peça ao Senhor que aumente sua Fé , Amor e Esperança no seu Filho que é Vida Plena para quem o acolhe.

– Escuta o Evangelho segundo João, capítulo 11, versículos 19 a 27:

Naquele tempo, muitos judeus tinham vindo à casa de Marta e Maria para as consolar por causa do irmão. Quando Marta soube que Jesus tinha chegado, foi ao encontro dele. Maria ficou sentada em casa. Então Marta disse a Jesus: "Senhor, se tivesses estado aqui, meu irmão não teria morrido. Mas mesmo assim, eu sei que o que pedires a Deus, ele te concederá". Respondeu-lhe Jesus: "Teu irmão ressuscitará". Disse Marta: "Eu sei que ele ressuscitará na ressurreição, no último dia". Então Jesus disse:
"Eu sou a ressurreição e a vida. Quem crê em mim, mesmo que morra, viverá. E todo aquele que vive e crê em mim, não morrerá jamais. Crês isto?" Respondeu ela: "Sim, Senhor, eu creio firmemente que tu és o Messias, o Filho de Deus, que devia vir ao mundo".

- Manifesta Marta: “Mas, mesmo assim, eu sei que o que pedires a Deus ele concederá”. Marta confia, crê na ressurreição dos mortos e na vida eterna, como professamos na nossa fé. E diz mais: “Eu sei que ele ressuscitará na ressurreição, no último dia”. Por fim, ela faz a sua maior profissão de fé: Sim, Senhor, eu creio firmemente que tu és o Messias, o Filho de Deus que devia vir ao mundo”. Isso faz dela discípula de Jesus, semelhante aos demais discípulos. É o amor a Deus que faz com que Marta confie e creia firmemente.Onde há amor, a morte não impera. Marta nos ensina a fidelidade a Deus, vivendo os ensinamentos de Jesus e amando nossos irmãos. Converse com Deus pedindo que aumente a sua fé na ressurreição, na vida eterna.

– Você, como Marta, crê na ressurreição, na vida eterna? Busca sempre os ensinamentos de Jesus que são ressurreição e vida? Acredita que Jesus é Filho de Deus Salvador?

– “... Eu sou a ressurreição e a vida”. Quem crê em mim, ainda que tenha morrido, viverá”. Acolhamos Jesus, nossa ressurreição e vida, que nos liberta da morte, para tenhamos vida em plenitude. Diz assim o poema, Ressureição, de Edson Gonçalves Ferreira

Não sou Madalena
Sei, porém, do esplendor Dele
A alvorada inesquecível
O cheiro de sândalo nos jardins
Tão espetacular a possibilidade...
Tenho certeza de que não morremos
Apenas dormimos com alma acordada
Nos braços Dele e Dela
Sobre um jardim incomensurável
No espaço além do compasso
Que o nosso corpo físico traça.

– Termina sua oração pedindo a Deus que aumente sua Fé, Esperança e Amor no crucificado e ressuscitado Jesus, que nos dá vida eterna, superando sinais de morte, que oprimem e paralisam nossa vida no Senhor.

– O SENHOR TE ABENÇOE E TE GUARDE. O SENHOR FAÇA BRILHAR SOBRE TI A SUA FACE E TE SEJA PROPÍCIO. O SENHOR VOLTE PARA TI O SEU ROSTO E TE DÊ A PAZ.