Você está em:

28 de fevereiro, 2ª feira da 8ª Semana do Tempo Comum

Baixar áudio
-Hoje é dia 28 de fevereiro, 2ª feira da 8ª Semana do Tempo Comum.

- No Evangelho de hoje um jovem procura Jesus querendo saber o que fazer para ganhar a vida eterna. Expõe sua inquietude pela vida eterna em termos de posse (“ganhar”). Em sua resposta, Jesus o apresenta ao caminho do despojamento, do desprendimento, do esvaziamento e da entrega...Peça ao Senhor que te ajude a ver o que realmente o enche de alegria.

- Escuta o Evangelho Segundo Marcos, Capítulo 10, versículos de 17 a 27:

Naquele tempo: Quando Jesus saiu a caminhar, veio alguém correndo,
ajoelhou-se diante dele, e perguntou:
'Bom Mestre, que devo fazer para ganhar a vida eterna?'
Jesus disse: 'Por que me chamas de bom?' Só Deus é bom, e mais ninguém.
Tu conheces os mandamentos: não matarás; não cometerás adultério; não roubarás;
não levantarás falso testemunho; não prejudicarás ninguém; honra teu pai e tua mãe!'
Ele respondeu: 'Mestre, tudo isso
tenho observado desde a minha juventude.'
Jesus olhou para ele com amor, e disse: 'Só uma coisa te falta:
vai, vende tudo o que tens e dá aos pobres, e terás um tesouro no céu.
Depois vem e segue-me!'
Mas quando ele ouviu isso, ficou abatido e foi embora cheio de tristeza, porque era muito rico. Jesus então olhou ao redor e disse aos discípulos:
'Como é difícil para os ricos entrar no Reino de Deus!'
Os discípulos se admiravam com estas palavras, mas ele disse de novo:
'Meus filhos, como é difícil entrar no Reino de Deus!
É mais fácil um camelo passar pelo buraco de uma agulha do que um rico entrar no Reino de Deus!'
Eles ficaram muito espantados ao ouvirem isso, e perguntavam uns aos outros:
'Então, quem pode ser salvo?'
Jesus olhou para eles e disse:
'Para os homens isso é impossível, mas não para Deus.
Para Deus tudo é possível.'

- O espanto se apoderou desse jovem que encontra Jesus. Ele foi convidado a mudar o “modo de proceder e viver” que estava acostumado, desconectando-se de seus apegos às riquezas e atrever-se a crer numa palavra que afirmava que a vida plena, feliz e abundante que ele buscava, estava mais em deixar que em possuir; acolher o apelo para renunciar tudo aquilo que até esse momento, constituía sua segurança, e abrir-se a uma vida de partilha solidária.... Peça ao Senhor coragem para mudar seu modo de viver acolhendo sua proposta.

- Quanto do que você possui faz tempo que não usa ou não precisa? Quanto do que tem ocupa um lugar desnecessário? O que encontra ali que não te enche de esperança? Se tivesse que fazer limpeza, por onde começaria? Está sua vida cheia de Vida?

- Jesus disse: “Depois vem e segue-me!”. Jesus convidou o jovem a fazer caminho com Ele. O jovem escolheu a estabilidade, o lugar que lhe era familiar e que lhe dava segurança. Atrofiou sua vida e esvaziou-a do sentido de eternidade. Diz assim o poema do Pe. Benjamim Gonzales Buelta:

O que a gente retém só para si
é o que se corrompe dentro de nós como água parada.
O que a gente deixa passar para os outros
é o que lava nossa intimidade como água que corre.
Tudo o que é retido se deteriora até desintegrar-se,
e o próprio coração se converte em carcereiro.

Tudo o que é presenteado cresce sem fim
com vida própria, e nosso coração se converte em criador.
Guardar-se inteiramente para si é a única forma
de perder-se eternamente na esterilidade da morte.
Perder-se inteiramente a si mesmo
É a única forma de ganhar-se eternamente no Reino da Vida.

- Termina a tua oração pedindo ao Senhor que te ajude a esvaziar seu mundo interior, a tirar o que é desnecessário para deixar lugar para aquilo que é essencialmente importante e decisivo, o que realmente te faz feliz.

- Pai Nosso que estais nos céus, santificado seja vosso nome, venha nós o vosso Reino, seja feita a vossa vontade, assim, na terra como no céu; o pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido; e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal.