Você está em:

28 de dezembro, 3ª feira, Memória dos Santos Inocentes, mártires.

Baixar áudio
-Hoje é dia 28 de dezembro, 3ª feira, memória dos Santos Inocentes, que são os primeiros mártires da Igreja.

-Foi por amor que Jesus veio ao mundo, mas logo após o seu nascimento, nos deparamos com aqueles que não souberam compreender a sua vinda e quiseram eliminá-Lo nos inocentes da época. Assim, José e Maria tiveram que fugir para o Egito, a fim de proteger o filho recém-nascido da crueldade de Herodes, que se sentiu ameaçado em seu poder. Ainda hoje vemos que Herodes não é apenas uma figura do passado, pois se faz presente em quem promove a maldade e a violência. Cuidemos bem da vida para que não seja maltratada e ferida. Converse com o Senhor apresentando a Ele a realidade de tantas crianças que ainda hoje são ameaçadas em sua, vida, até mesmo antes de nascerem.

- Escuta o Evangelho de Mateus, Capitulo 2, Versículos de 13 a 18:

Depois que os magos se retiraram, o anjo do Senhor apareceu em sonho a José e disse-lhe: “Levanta-te, toma o menino e sua mãe e foge para o Egito! Fica lá até que eu te avise, porque Herodes vai procurar o menino par matá-lo”, José levantou-se, de noite, com o menino e a sua mãe, e retirou-se para o Egito, onde ficou até a morte de Herodes. Assim se cumpriu o que fora dito pelo Senhor, por meio do profeta: “Do Egito chamei o meu filho”. Herodes, então, ao perceber que fora enganado pelos magos enfureceu-se e mandou matar, em Belém e em toda a circunvizinhança, todos os meninos abaixo de dois anos, de acordo com o tempo indicado pelos magos. Assim se cumpriu o que fora dito por meio do profeta Jeremias: Uma voz foi ouvida em, Ramá, choro e grande lamento: é Raquel que chora seus filhos e não quer ser consolada, porque já não existem”.

- José foi obediente ao anjo do Senhor e partiu para o Egito. Herodes, vendo então que tinha sido enganado pelos magos, ficou muito irritado e mandou massacrar em Belém e nos seus arredores todos os meninos de dois anos para baixo. Percebemos que Herodes não havia entendido o intuito de Deus ao revelar o seu Filho à humanidade, pensava que ele o destronaria e tomaria o seu Reino. Mas o reinado de Jesus foi diferente de todos os reinados que já existiram na terra. Não seria por meio de espadas, guerras ou outras armas. O reinado de Jesus foi voltado para os pobres, Ele nasceu numa manjedoura, no meio dos pobres, e a sua missão foi de construir o Reino de Deus. Peça ao Senhor que ajude a compreender o verdadeiro significado da vinda de Jesus.

- Até que ponto a ganância, o medo de perder privilégios movem as suas atitudes frente à vida? O que você faz pelas crianças e os inocentes de hoje maltratados e negados em seus direitos? Qual a luz que o nascimento de Jesus traz para sua vida e ação?

- “Levanta-te, toma o menino e sua mãe e foge para o Egito”, diz o evangelho de hoje. Quantos pais ainda hoje fogem para outros lugares para que seus filhos não morram! Quantas crianças são abandonadas por suas famílias e pela sociedade... Quantas crianças morrem inocentemente vítimas do desprezo do mundo... Muitas não têm uma casa, alimentação, educação e saúde para viverem dignamente. Os direitos básicos lhes são negados. Rezemos o poema do Pe. Zezinho, Tu que fostes criança, Jesus:

Tu que fostes criança, Jesus, e sofreste a pobreza também. Que, ao nascer em uma noite de luz, de ternura, inundaste Belém.
Tu que sabes o frio que faz quando falta um lugar para morar. A todas as crianças do mundo, concede a graça de um lar.
Tu que foste esperança de paz, mas tiveste também que fugir do poder que seria capaz de matar para não repartir.
Tu que sabes o quanto doeu o exílio tão longe do lar. A todos os migrantes do mundo, concedes a paz de um lugar.
Tu que fostes criança feliz e tiveste a ternura de um lar. Tem piedade do nosso país, que nem sempre consegue amparar as crianças sem pai nem ninguém, que nas ruas eu vejo a vagar. Ensina os que mandam no mundo por onde recomeçar.

- Termina tua oração pedindo ao Senhor, melhores condições de vida para todas as crianças e que nenhuma morra precocemente, que cada criança possa crescer em sabedoria, com esperança e como ser humano. Que os santos inocentes intercedam por todas as crianças do nosso país!

- Gloria ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo, assim como era no princípio, agora e sempre . Amém!