Você está em:

27 de setembro, 3ª feira, 26º semana do Tempo Comum|São Vicente de Paulo

Baixar áudio

-Hoje é dia 27 de setembro, 3ª feira da 26º semana do Tempo Comum. Memória de São Vicente de Paulo.

- Inicie tua oração colocando-se na presença de Deus que vem fecundar seu coração e a sua vida. No evangelho de hoje, Jesus toma a decisão de ir a Jerusalém e percorre um longo caminho acompanhado por seus discípulos. Muita gente o seguia. Diante do pedido de Jesus de prepara-lhes a hospedagem, entraram numa cidade dos samaritanos que não os receberam. Peça ao Senhor a graça de acolher e reconhecer Jesus.

-Escute o Evangelho segundo Lucas, capítulo 9, versículos 51 a 56:

Quando estavam para se completar os dias de sua exaltação, Jesus tomou a firme decisão de partir para Jerusalém. Enviou, então mensageiros à sua frente. Tendo partido, entraram num povoado de samaritanos para lhe preparar hospedagem. Os Samaritanos, porém, não o receberam, porque demonstrava estar a caminho de Jerusalém. Vendo isso os discípulos Tiago e João disseram: “Senhor queres que mandemos descer fogo do céu, para que os destrua?” Ele, porém, voltou-se e os repreendeu. E partiram para outro povoado.”

-Jesus chama a atenção dos discípulos que reagem contra os samaritanos. Eles não eram obrigados a acolhê-los embora a razão, pela qual os recusaram não se justificasse. Havia uma rivalidade antiga entre os judeus e os samaritanos. Além do mais em Samaria havia um templo consagrado a Javé, por isso, não era necessário ir a Jerusalém para adorar o Senhor. Por essas razões não acolheram Jesus e seus discípulos. Diga ao Senhor do seu desejo de acolhê-lo em sua vida.

-Diante de uma recusa qual é normalmente a sua reação? Você acolhe a liberdade do outro em te aceitar ou não? Que sentido profundo tem a sua vida? Qual a razão última das suas opções?

-“... Jesus tomou a firme decisão de ir para Jerusalém”. No evangelho de hoje, Jesus está pronto a assumir o projeto do Pai sobre sua vida e parte ao encontro da cruz, do sofrimento e da morte. Aceita, acolhe e decididamente segue o seu caminho até à sua realização plena. Um testemunho para os seus seguidores e seguidoras de assumir a própria história, os momentos mais dolorosos e inspirar-se nele. Assim como fez São Vicente de Paulo. Sobre ele disse São João Paulo II:

“Voltemos nossa mente e nosso coração para São Vicente de Paulo, homem de ação e oração, de organização e de imaginação, de comando e de humildade, homem de ontem e de hoje. Que aquele camponês das Landes, convertido pela graça de Deus em gênio da caridade, nos ajude a todos a pôr mais uma vez as mãos no arado – sem olhar para trás – para o único trabalho que importa, o anúncio da Boa Nova aos pobres…“

-Termina tua oração dando graças ao Senhor Jesus pela sua vida, e peça que Ele te ajude a assumir a tua história e também o único trabalho que importa: o anúncio da Boa Nova aos pobres...

- Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo, como era no princípio, agora e sempre. Amém.