Você está em:

27 de setembro, 2ª feira da 26ª Semana do Tempo Comum.

Baixar áudio
- Hoje é dia 27 de setembro, 2ª feira da 26ª Semana do Tempo Comum. Dia de São Vicente de Paulo.

- Inicia tua oração tomando consciência de que está na presença de Deus. O evangelho de hoje nos faz compreender que muitas vezes nos envaidecemos procurando ser maior e melhor do que as outras pessoas. No entanto, essa comparação com os outros é nociva para a gente mesmo e atrapalha o relacionamento com os outros. Jesus ensina a humildade e a tolerância. Perceba-se como uma criança cuidada por Deus e experimente o seu afago.

- Escuta o Evangelho de Lucas capítulo 9, versículos de 46 a 50:

Naquele tempo houve entre os discípulos uma discussão,
para saber qual deles seria o maior. Jesus sabia o que estavam pensando.
Pegou então uma criança, colocou-a junto de si e disse-lhes:
'Quem receber esta criança em meu nome, estará recebendo a mim.
E quem me receber, estará recebendo aquele que me enviou.
Pois aquele que entre todos vós for o menor, esse é o maior.'
João disse a Jesus:
'Mestre, vimos um homem que expulsa demônios em teu nome.
Mas nós o proibimos, porque não anda conosco.'
Jesus disse-lhe:
'Não o proibais, pois quem não está contra vós, está a vosso favor.'

- Os discípulos ainda não compreendiam bem a dinâmica de seguimento de Jesus. Ele era um messias diferente que servia e dava a própria vida. No texto de hoje, ao acolher uma criança, Jesus ensina que os discípulos deveriam se abrir à simplicidade da mensagem do Reino de Deus. O pequeno se torna grande. Peça ao Senhor a graça de viver este ensinamento.

-Percebe em você o desejo de superioridade? Você acolhe os que anunciam Jesus Cristo em outras Igrejas cristãs?

- A partir da acolhida de uma criança, Jesus disse: “aquele que no vosso meio for o menor, esse será grande”. Ouça o poema/oração do Pe. Francys Silvestrini Adão:

Tu me dizes uma verdade
simples, acessível, vital
entranhada em minha carne
desde os primeiros dias
de minha vida
O que me faz ser gente é
o toque
o olhar
a companhia
o abraço
a promessa
Mas tantas vezes
eu esqueço o gosto bom
da gratuidade
e busco o gosto duvidoso
da superioridade
Entre nós
nunca deveria ser assim
Perdão Senhor
por não escutar
a profecia da Vida
Desperta em mim
uma memória toda agradecida
para que
sendo adulto com coração de criança
eu redescubra
a Alegria incomparável e
a Luz inconfundível
de simplesmente viver ao lado
de meus irmãos e irmãs

- Termina tua oração pedindo ao senhor a graça de caminhar na simplicidade e na humildade. Peça também um coração capaz de amar e servir, livre da mania de grandeza e agradecido por tudo o que Ele faz na sua vida.

- Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo, assim como era no princípio, agora e sempre. Amém!