Você está em:

24 de abril, 2º Domingo da Páscoa

Baixar áudio
-Hoje é dia 24 de Abril, 2º Domingo da Páscoa.

-O evangelho de hoje traz os discípulos com medo das autoridades dos judeus. Mais que as portas do recinto, eles estavam com o coração fechado. Quando nós fechamos a “porta do coração”, não percebemos sinais de ressurreição, não percebemos o Cristo ressuscitado, perto de nós. Os discípulos estavam com medo e, por isso, se trancaram. Mas Jesus não desiste e insiste com eles e conosco. Mesmo estando com as portas e os corações fechados, ele entra, se coloca no meio deles, desejando-lhes a paz. A paz é o primeiro desejo de Cristo depois da ressurreição. Peça ao Senhor que te ajude a ter o coração aberto e sem medo de acolher Jesus, o Cristo Ressuscitado.

-Escuta o Evangelho Segundo João, Capítulo 20, versículos 19 a 31:

Ao anoitecer daquele dia, o primeiro da semana, estando fechadas, por medo dos judeus, as portas do lugar onde os discípulos se encontravam,
Jesus entrou e pondo-se no meio deles, disse: 'A paz esteja convosco'. Depois destas palavras, mostrou-lhes as mãos e o lado. Então os discípulos se alegraram por verem o Senhor. Novamente, Jesus disse: 'A paz esteja convosco. Como o Pai me enviou, também eu vos envio'. E depois de ter dito isto, soprou sobre eles e disse: 'Recebei o Espírito Santo. A quem perdoardes os pecados eles lhes serão perdoados; a quem os não perdoardes, eles lhes serão retidos'. Tomé, chamado Dídimo, que era um dos doze, não estava com eles quando Jesus veio. Os outros discípulos contaram-lhe depois: 'Vimos o Senhor!'. Mas Tomé disse-lhes: 'Se eu não vir a marca dos pregos em suas mãos, se eu não puser o dedo nas marcas dos pregos e não puser a mão no seu lado, não acreditarei'. Oito dias depois, encontravam-se os discípulos novamente reunidos em casa, e Tomé estava com eles. Estando fechadas as portas, Jesus entrou, pôs-se no meio deles e disse: 'A paz esteja convosco'. Depois disse a Tomé: 'Põe o teu dedo aqui e olha as minhas mãos.
Estende a tua mão e coloca-a no meu lado. E não sejas incrédulo, mas fiel'.
Tomé respondeu: 'Meu Senhor e meu Deus!' Jesus lhe disse: 'Acreditaste, porque me viste? Bem-aventurados os que creram sem terem visto!'
Jesus realizou muitos outros sinais diante dos discípulos, que não estão escritos neste livro. Mas estes foram escritos para que acrediteis que
Jesus é o Cristo, o Filho de Deus, e para que, crendo, tenhais a vida em seu nome.

-Jesus depois de desejar a paz, mostra-lhes as mãos e o lado. Prova que é ele mesmo que está ali e não um fantasma. Ao reconhecerem Jesus, seus medos se dissiparam. Eles viram que não estavam sozinhos. Começava um novo tempo e eles seguiriam adiante na missão. Desejando a paz, Jesus os envia em missão. Oito dias depois Jesus se dirige a Tomé e pede que ele coloque as mãos nas suas chagas. Somente assim Tomé acreditou fazendo a sua bela profissão de fé, dizendo: “Meu Senhor e meu Deus’’. Diga você ao Senhor: Eu creio, mas aumentai a minha fé.

-Como está seu coração: fechado ou aberto ao Senhor Ressuscitado? O que fazer concretamente para acolher o Ressuscitado e testemunhá-lo na estrada da vida? Como você vence o medo de ser fiel a Cristo Senhor?

-Jesus lhe disse:” Por que me viste, creste? Felizes os que não viram e creram!” Veja o que diz o trecho da música “Tomé” de Davidson Silva:

Por muito tempo não acreditei
Me escondi, duvidei
Se tudo ao meu redor era ausência tua
Já não ouvia mais a tua voz
Só acreditarei se eu tocar
Teu lado aberto e sentir pulsar
A alegria dos que crêem em Ti
Poder ouvir tua voz dizendo-me
Põe aqui tua mão, torna-te um homem de fé
Toca o meu coração e o medo se vai
Eu voltei para ti, por tanto te amar, toca o meu
Coração, eu sou a tua paz

-Termina sua oração pedindo ao Senhor que lhe dê uma fé inabalável capaz de segui-lo fielmente, dando continuidade à sua missão anunciadora da Palavra de Deus, seu Reinado de Amor, Justiça e Paz.

-0 Senhor te abençoe e te guarde.
O Senhor faça brilhar sobre ti a sua face e te seja propício.
O Senhor volte para ti o seu rosto e te dê a paz.