Você está em:

23 de dezembro, 5ª feira da quarta semana do Advento

Baixar áudio
-Hoje é dia 23 de dezembro, 5ª feira da quarta semana do Advento.

- “No mesmo instante, sua boca se abriu, a língua se soltou, e ele começou a louvar a Deus.” Zacarias, tendo recebido uma visão de Deus no interior do templo, perde a fala por duvidar da ação de Deus em sua família e na história. Quando o menino nasce, ao confirmar o seu nome como João, que significa, “Deus tem piedade”, Zacarias recupera a fala e louva a Deus pela missão confiada a seu filho. Procure em sua mente e seu coração as ocasiões em que, talvez, tenha duvidado da ação de Deus em sua vida ou em meios aos desafios do mundo.

- Com abertura interior, acolha o Evangelho de Jesus Cristo Segundo Lucas, Capítulo 1º, versículos 57 a 64:
“Quando se completou o tempo da gravidez, Isabel deu à luz um filho. Os vizinhos e os parentes ouviram quanta misericórdia o Senhor lhe tinha demonstrado, e alegravam-se com ela. No oitavo dia, foram circuncidar o menino e queriam dar-lhe o nome de seu pai, Zacarias. A mãe, porém, disse: “Não. Ele vai se chamar João”. Disseram-lhe: “Ninguém entre os teus parentes é chamado com este nome!” Por meio de sinais, então, perguntaram ao pai como ele queria que o meninos e chamasse. Zacarias pediu uma tabuinha e escreveu: “João é o seu nome!” E todos ficaram admirados. No mesmo instante, sua boca se abriu, a língua se soltou, e ele começou a louvar a Deus.” [...] De fato, a mão do Senhor estava com ele.

- Na dinâmica do Reino, quando duvidamos de Deus, podemos ter fartura de palavras, muitos argumentos e raciocínios bem elaborados. No entanto o discurso e a fala ficam vazios, sem sentido. À semelhança de Zacarias, ficamos mudos, palavras ao vento que não encontram terreno fecundo para produzir frutos. O que diz respeito a Deus, para frutificar tem de nascer da fé e nela ser cultivado. Quando nos abrimos à fé, a boca se abre, a língua se solta e Deus age em nós e por meio de nossas ações e decisões. Converse com Deus sobre a sua vida de fé e sobre a missão que Ele tem para você neste momento de sua vida...

- Como você percebe a mão do Senhor em sua vida? Responda a Ele, com sinceridade e gratidão.

- Disse o homem: “De fato, a mão do Senhor estava com ele”, diz o evangelho de hoje sobre Zacarias. Veja o que diz o Canto de Zacarias também no evangelho de Lucas:

“E tu, menino, serás chamado profeta do Altíssimo,
porque irás à frente do Senhor, preparando os seus caminhos,
dando a conhecer a seu povo a salvação, com o perdão dos pecados,
graças ao coração misericordioso de nosso Deus,
que envia o sol nascente do alto para nos visitar,
para iluminar os que estão nas trevas, na sombra da morte,
e dirigir nossos passos no caminho da paz”.

- Termine sua oração dando graças ao Senhor pelas descobertas neste encontro com Sua Palavra. Peça a graça de sempre preparar os caminhos para o Senhor...

- O Senhor nos abençoe e nos guarde. O Senhor nos mostre o Seu rosto brilhante. O Senhor nos conceda sempre a sua paz. O Senhor nos abençoe e nos guarde hoje e sempre. Amém!