Você está em:

22 de julho, 6ª feira | Festa de Santa Maria Madalena

Baixar áudio
-Hoje é dia 22 de julho, 6ª feira | Festa de Santa Maria Madalena.

-Hoje encontramos aquela que, segundo os Evangelhos, foi a primeira que viu Jesus ressuscitado: Maria Madalena. Ela é apóstola de uma esperança nova e maior. Que a sua intercessão nos ajude a viver, também nós, esta experiência: na hora do pranto e na hora do abandono, ouvir Jesus Ressuscitado que nos chama pelo nome e, com o coração repleto de júbilo, partir para anunciar: «Eu vi o Senhor!».

-Escute o Evangelho de João, capítulo 20, versículos 1 a 2 e 11 a 18:

No primeiro dia da semana, Maria Madalena foi ao túmulo de Jesus,
bem de madrugada, quando ainda estava escuro,
e viu que a pedra tinha sido retirada do túmulo.
Então ela saiu correndo e foi encontrar Simão Pedro e o outro discípulo, aquele que Jesus amava, e lhes disse:
"Tiraram o Senhor do túmulo, e não sabemos onde o colocaram".
Maria estava do lado de fora do túmulo, chorando.
Enquanto chorava, inclinou-se e olhou para dentro do túmulo.
Viu, então, dois anjos vestidos de branco,
sentados onde tinha sido posto o corpo de Jesus, um à cabeceira e outro aos pés. Os anjos perguntaram:
"Mulher, por que choras?"
Ela respondeu: "Levaram o meu Senhor e não sei onde o colocaram".
Tendo dito isto, Maria voltou-se para trás e viu Jesus, de pé.
Mas não sabia que era Jesus.
Jesus perguntou-lhe: "Mulher, por que choras? A quem procuras?"
Pensando que era o jardineiro, Maria disse:
"Senhor, se foste tu que o levaste
dize-me onde o colocaste, e eu o irei buscar".
Então Jesus disse:
"Maria!"
Ela voltou-se e exclamou, em hebraico: "Rabunni" (que quer dizer: Mestre).
Jesus disse: "Não me segures. Ainda não subi para junto do Pai.
Mas vai dizer aos meus irmãos: subo para junto do meu Pai e vosso Pai, meu Deus e vosso Deus".
Então Maria Madalena foi anunciar aos discípulos:
"Eu vi o Senhor!", e contou o que Jesus lhe tinha dito.

-Deus surpreende Maria chorando sobre o túmulo vazio. Ela nem percebe que Jesus está próximo. No meio de sua dor, Jesus diz seu nome. A pedra que fora removida do túmulo de Jesus indicou a Maria Madalena uma novidade que seu coração buscava, uma novidade que espanta, enche o coração do desejo de procura: “Ele vive”. Peça ao Senhor que também te ajude a encontrá-lo, sobretudo no meio das suas horas mais escuras.

- É tempo de remover as pedras da entrada do coração que impedem a entrada da luz, da vida, da alegria... O que lhe impede afastá-las? Você também reluta em ouvir Jesus?

-“Então Jesus disse: "Maria!". Comentando esse texto diz o Papa Francisco:

“E Jesus chama-a: «Maria!». A revolução da sua vida, a revolução destinada a transformar a existência de cada homem e mulher, começa com um nome que ressoa no jardim do sepulcro vazio. Os Evangelhos descrevem-nos a felicidade de Maria: a Ressurreição de Jesus não é uma alegria concedida a conta-gotas, mas é uma cascata que abrange a vida inteira. A existência cristã não é constituída por pequenas felicidades, mas por ondas que subvertem tudo. Procurai pensar também vós, neste instante, com a bagagem de desilusões e de reveses que cada qual tem no seu coração, que há um Deus perto de nós que nos chama pelo nome, dizendo: «Ergue-te, para de chorar, porque Eu vim libertar-te!». Isto é bonito!”

– Termina sua oração pedindo ao Senhor que te ajude, a exemplo de Maria Madalena, a reconhecê-lo, a ter mais intimidade com Ele. Peça também que te ajude a remover as pedras que te impedem de ver novas todas as coisas.

– Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo. Como era no princípio, agora e sempre. Amém.