Você está em:

22 de janeiro, sábado da 2ª Semana do Tempo Comum

Baixar áudio
- Hoje é dia 22 de janeiro, sábado da 2ª Semana do Tempo Comum.

- “E de novo se reuniu tanta gente que eles nem sequer podiam comer”. Voltando para casa com seus discípulos depois de uma árdua missão visando encontrar o descanso, o aconchego, a recomposição das energias, Jesus se depara com uma numerosa multidão que o procurava. Além disso, experimenta a incompreensão de seus familiares que julgavam-no estar fora de si. Peça ao Senhor a graça de ser fiel à missão que ele te confiou apesar das incompreensões sofridas.

- Com seu coração aberto, acolha o Evangelho de São Marcos, capítulo três, versículos vinte a vinte e um:

Naquele tempo: Jesus voltou para casa com os discípulos. E de novo se reuniu tanta gente que eles nem sequer podiam comer. Quando souberam disso, os parentes de Jesus saíram para agarrá-lo, porque diziam que estava fora de si.

-Não tendo como descansar e diante de tantas pessoas que o procurava necessitadas de serem acolhidas, atendidas em suas necessidades, à procura de milagres, Jesus foi incompreendido pelos seus próprios familiares que pensavam ser tudo aquilo uma loucura, um comprometimento de suas faculdades mentais. No exercício da missão Jesus, seus discípulos e nós, seus seguidores, experimentamos também muitas acusações, dificuldades e incompreensões. Converse com o Senhor pedindo a perseverança na missão em meio aos muitos desafios.

- À luz do evangelho de hoje, deixe-se questionar: com que disposição você tem assumido a missão que te foi confiada? Quais tem sido as incompreensões experimentadas no exercício de sua missão? como você tem enfrentado as dificuldades e críticas vindas de seus próprios familiares no exercício da sua missão?

-“E de novo se reuniu tanta gente...” (Mc 3, 20b). Jesus, como fiel missionário do Pai, dedicou-se inteiramente ao serviço das pessoas que acorriam a ele trazendo suas necessidades, seus sofrimentos, suas angústias, doenças e todo tipo de mal. Para com todos foi profundamente compassivo, não obstante os obstáculos. Também para nós os obstáculos não podem impedir a missão, mas são oportunidade para a mesma. Ouçamos o que nos diz o Papa Francisco através da sua mensagem por ocasião do dia mundial das missões em 2021:

“Os primeiros cristãos começaram a sua vida de fé num ambiente hostil e árduo. Histórias de marginalização e prisão entrelaçavam-se com resistências internas e externas, que pareciam contradizer e até negar o que tinham visto e ouvido; mas isso, em vez de ser uma dificuldade ou um obstáculo que poderia levá-los a retrair-se ou fechar-se em si mesmos, impeliu-os a transformar cada incómodo, contrariedade e dificuldade em oportunidade para a missão. Os próprios limites e impedimentos tornaram-se um lugar privilegiado para ungir, tudo e todos, com o Espírito do Senhor. Nada e ninguém podia permanecer alheio ao anúncio libertador”.

- Termine sua oração agradecendo a Deus sua palavra de vida e luz. Peça a Ele a luz do Espírito Santo, capaz de te ajudar a assumir corajosamente a missão que ele te confiou e a graça da perseverança frente aos desafios encontrados.

- Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. Amém!