Você está em:

21 de Outubro, 5ª feira da 29ª Semana do Tempo Comum

Baixar áudio
- Hoje é dia 21 de outubro, 5ª feira da 29ª Semana do Tempo Comum

- Coloque-se na presença de Deus. Procure criar o teu espaço de tranquilidade, onde quer que estejas. Pode não ser fácil. Pode haver à tua volta, ruído e confusão que te afastam de Deus. Pode haver desassossego interior que torna difícil o encontro com Deus, na oração. O evangelho de hoje também irá nos inquietar. A lealdade a proposta do Reino de Deus pode gerar conflito. Ofereça tudo ao Senhor, a dor e a alegria, o doce e o amargo de cada dia e com toda a confiança, começa a tua oração.

- Abra o coração e acolha com carinho e atenção o Evangelho de Jesus Cristo Segundo Lucas, Capítulo 12, versículos 49 a 53:

Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: Eu vim para lançar fogo sobre a terra, e como gostaria que já estivesse aceso! Devo receber um batismo, e como estou ansioso até que isto se cumpra! Vós pensais que eu vim trazer a paz sobre a terra?
Pelo contrário, eu vos digo, vim trazer divisão. Pois, daqui em diante, numa família de cinco pessoas,
três ficarão divididas contra duas e duas contra três; ficarão divididos:
o pai contra o filho e o filho contra o pai; a mãe contra a filha e a filha contra a mãe;
a sogra contra a nora e a nora contra a sogra.'

- Este evangelho nos lembra que diante da verdade de Cristo Jesus, somos chamados a optar, e as nossas opções muitas vezes nos levarão a conflitos. É inevitável. Quem opta pelo Reino de Deus, da justiça e do amor concreto, vive de maneira nova e certamente vai experimentar conflito, inclusive dentro da própria casa. Peça ao Senhor que você possa ser firme, cheio da graça de Deus para superar as dificuldades vindas de seu chamado.

- E esta é a divisão de que fala o evangelho: uns aceitarão, outros não aceitarão Jesus como Messias, como Cristo. Como viver o Evangelho em meio a conflitos? Como você pode crescer e amadurecer no conflito? Como aprofundar a paixão por Jesus e a tua missão nos tempos de conflito e crise?

- “Eu vim para lançar fogo sobre a terra, e como gostaria que já estivesse aceso!”, diz Jesus no evangelho de hoje. Esse simbolismo é ligado à ira de Deus, que é a justiça do Senhor frente as injustiças praticadas pelos homens. Nos lembra Pe. Adroaldo Palaoro:

“Tanto no processo pessoal do seguimento de Jesus como na configuração de uma comunidade cristã, os momentos de conflitos são inevitáveis; Os conflitos não são negativos. Eles nos ajudam a aceitar melhor a verdade e fazer nascer o novo, mais rico e mais amadurecido. Em meio aos conflitos, também nossas comunidades cristãs podem crescer em amor fraterno. É o momento de descobrir que não é possível seguir a Jesus e colaborar com Ele no projeto humanizador do Pai sem trabalhar por uma sociedade mais justa e fraterna, mais solidária e responsável. O conflito é um “ensaio da esperança”, uma certeza de que o Espírito “renova todas as coisas” sobre a face da terra.”

- Termine sua oração colocando no coração de Deus os conflitos ou crises que está vivendo. Lembra que ele gera o novo e a esperança das situações mais difíceis. Pede a Ele que te mantenha firme e fiel ao anúncio do seu Reino.

- Gloria ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo. Assim como era no princípio, agora e sempre. Amém!