Você está em:

2 de outubro, 27º domingo do Tempo Comum

Baixar áudio
-Hoje é dia 2 de outubro, 27º domingo do Tempo Comum.

-Os evangelhos nos oferecem a possibilidade de conhecer o “caminho” aberto por Jesus. É o que revela a mensagem do evangelho deste domingo, a partir do pedido dos apóstolos para que Jesus aumente a fé deles. Jesus não responde diretamente o pedido. A fé não pode ser aumentada a partir de fora; ela deve crescer a partir de dentro de nós, como o grão de mostarda. A fé é uma vivência de Deus e, por isso, não tem nada que ver com quantidade. Peça ao Senhor que te ajude a sempre viver em intimidade com Ele.

-Escute o Evangelho segundo Lucas, capítulo 17, versículos 5 a 10:

Naquele tempo, os apóstolos disseram ao Senhor:
"Aumenta a nossa fé!"
O Senhor respondeu: "Se vós tivésseis fé, mesmo pequena como um grão de mostarda, poderíeis dizer a esta amoreira: 'Arranca-te daqui e planta-te no mar', e ela vos obedeceria.
Se algum de vós tem um empregado que trabalha a terra ou cuida dos animais, por acaso vai dizer-lhe, quando ele volta do campo:
'Vem depressa para a mesa?'
Pelo contrário, não vai dizer ao empregado:
'Prepara-me o jantar, cinge-te e serve-me, enquanto eu como e bebo;
depois disso tu poderás comer e beber?'
Será que vai agradecer ao empregado, porque fez o que lhe havia mandado?
Assim também vós: quando tiverdes feito tudo o que vos mandaram,
dizei:
'Somos servos inúteis; fizemos o que devíamos fazer'.

- Jesus nos ensina a viver a fé, não por obrigação, mas por atração. Ele nos faz viver a vida cristã, não como um dever, mas como discípulos e seguidores, seduzidos por Ele. No encontro com seu Evangelho, aprendemos seu estilo de viver e descobrimos formas mais humanas e evangélicas de pensar, viver, celebrar e contagiar nossa fé. Ter fé é, sobretudo, viver de acordo com os valores segundo os quais vivia Jesus. A fé é uma vida, um relacionamento pessoal. Peça ao Senhor a graça de aprender seu estilo de viver.

- Na vivência cristã, sua fé se resume a algumas “práticas religiosas” ou é expressão de uma profunda identificação com o modo de ser e de agir de Jesus? Sua vida deixa transparecer a sua intimidade, seu relacionamento com Jesus?

- Naquele tempo, os apóstolos disseram ao Senhor: "Aumenta a nossa fé!". Parece uma afirmação óbvia: ser cristão é ser seguidor de uma Pessoa, Jesus Cristo. No entanto, grande parte dos cristãos estão mais preocupados em seguir uma doutrina, uma religião, ou centrar a vida na prática fundamentalista de leis ou normas morais. Muitos buscam mais uma religião que dá segurança e não o Evangelho que inquieta e desinstala. Diz o Pe. Adroaldo Palaoro:

“A maioria dos cristãos não querem amadurecer na fé por medo das exigências que isso implica. Alguns se instalam interiormente: já não crescem, não se deixam questionar pelo Evangelho; não creem em sua própria conversão, não se arriscam em aproximar-se de Jesus... Outros vivem sua fé de maneira rotineira e repetitiva: com isso, a oração se faz fórmula, o evangelho torna-se letra morta, a Igreja se transforma em “ong”, a autoridade se faz poder, a missão se reduz a propaganda, o culto vira ritualismo, a ação moral se revela ação de escravos e a fé viva na pessoa de Jesus vai se apagando. Muitos cristãos correm o risco de não conhecer nunca a experiência mais originária e apaixonante: o encontro pessoal com Jesus. Na realidade, nunca tomaram a decisão firme de segui-lo.”

- Termina tua oração dizendo ao Senhor Jesus que você deseja segui-lo, ter seu estilo de vida. Diga também a Ele que deseja ser servidor do seu amor, com simplicidade e fidelidade ao projeto de Deus. Não deixe de pedir pelos que serão eleitos para que vivam realmente a serviço do bem comum, como simples servidores do povo.

- Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo, como era no princípio, agora e sempre. Amém.