Você está em:

17 de novembro, 4ª Feira da 33ª Semana do Tempo Comum

Baixar áudio
- Hoje é dia 17 de novembro, quarta feira da 33ª Semana do Tempo Comum .

- Na subida para Jerusalém, Jesus revela a dinâmica do Reino aos seus discípulos. O caminho do Reino não se dá por uma espera passiva, exige empenho, esforço e dedicação. É preciso arriscar-se, colocar-se em ação, fazer frutificar os dons que Deus nos deu e saber colocá-los a serviço da vida e da esperança. Quanto maior o empenho na causa do Reino, maior nossa proximidade com a salvação oferecida por Jesus. Busque em seu coração as ocasiões em que seus dons foram colocados a serviço, de forma livre e espontânea, a serviço da vida em abundância para todos...

- Com abertura interior, acolha o Evangelho de Jesus Cristo Segundo Lucas, Capítulo 19, versículos 15 a 26:

“...o homem mandou chamar os servos, aos quais havia dado o dinheiro, a fim de saber que negócios cada um havia feito. O primeiro chegou e disse: ‘Senhor, a quantia que me deste rendeu dez vezes mais’. [...] O segundo chegou e disse: ‘Senhor, a quantia que me deste rendeu cinco vezes mais’. [..] Chegou o outro servo e disse: ‘Senhor, aqui está a quantia que me deste: eu aguardei num lenço, pois eu tinha medo de ti, porque és um homem severo. [...] Depois disse aos que estavam aí presentes: ‘Tirai dele sua quantia e dai àquele que fez render dez vezes mais”. [...] ‘Eu vos digo: a todo aquele que tem, será dado, mas àquele que não tem, até mesmo o que tem lhe será tirado”.

- Na dinâmica do Reino, Deus nunca age sozinho. Para formar o povo, chamou Abraão, para libertar o povo do Egito, contou com Moisés, para acordar a memória do povo, suscitou profetas e profetizas. Jesus escolheu os apóstolos para dar continuidade à sua missão. Por isso todo batizado é um continuador da missão de Jesus no mundo. Os discípulos e cada um de nós somos chamados a colocar os nossos dons a serviço do Reino, a serviço da vida. Na medida em que nos doamos, nos arriscamos a serviço da vida, crescemos e ajudamos o mundo a ser melhor. Fale com o Senhor sobre os passos que você pode dar para colocar os seus dons a serviço do Reino de Deus, na alegria e na esperança...

-O que o Senhor pede a você a partir deste evangelho de hoje? Responda a Ele, com sinceridade e gratidão.

- “A todo aquele que tem, será dado, mas aquele que não tem, até mesmo o que tem lhe será tirado!”, diz o evangelho. Ouça o poema de Thallyta Montinne:

Amar é doar-se, sem esperar nada em troca...
Amar é lutar....
Amar é abrir mão...
Amar é deixar partir...
Amar é fazer sorrir...
Amar é entregar-se de corpo e alma...
[...] Amar é compartilhar...
Amar é arriscar, mesmo que você tenha medo de errar...
[...] Amar não se explica... [...]
Então ame... e sinta-se amado...

-Termine sua oração dando graças ao Senhor pelas descobertas neste encontro com Sua Palavra. Peça a graça de sempre amar despojadamente, colocando-se sempre a serviço...

- O Senhor nos abençoe e nos guarde. O Senhor nos mostre o Seu rosto brilhante. O Senhor nos conceda sempre a sua paz. O Senhor nos abençoe e nos guarde hoje e sempre. Amém!