Você está em:

17 de junho, 6ª feira da 11ª semana do Tempo Comum

Baixar áudio
-Hoje é dia 17 de junho, 6ª feira da 11ª semana do Tempo Comum.

- Deixa-te ficar em silêncio interior, à escuta. Toma consciência de que o Senhor está contigo e deixa-te ficar na sua presença, procurando perceber o que Ele te pede, hoje. Procura não por limites à tua disponibilidade, pois o Senhor nunca te pede mais do que aquilo de que você é capaz, com a sua graça. E com o desejo firme de continuar neste caminho, começa a tua oração.

-Escute o Evangelho de Mateus, capítulo 6, versículos 19 a 23:

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos:
"Não junteis tesouros aqui na terra, onde a traça e a ferrugem destroem,
e os ladrões assaltam e roubam. Ao contrário, juntai para vós tesouros no céu, onde nem a traça e a ferrugem destroem, nem os ladrões assaltam e roubam.
Porque, onde está o teu tesouro, aí estará também o teu coração.
O olho é a lâmpada do corpo.
Se o teu olho é sadio, todo o teu corpo ficará iluminado.
Se o teu olho está doente, todo o teu corpo ficará na escuridão.
Ora, se a luz que existe em ti é escuridão, como será grande a escuridão".

- Prosseguindo com seu ensinamento aos discípulos sobre como viver a fé de modo mais autêntico e purificado, Jesus adverte sobre as posses. O acúmulo de tesouros não deve ocorrer na terra, mas no céu, afinal onde está o tesouro está também o coração de quem os reuniu. Por fim, Jesus chama a atenção sobre a maneira como se olha o mundo, as relações, as posses, podendo ser esse olhar gerador de luz ou de escuridão. Peça ao Senhor que vivendo a generosidade da partilha você possa acumular tesouros do Reino.

-Onde está realmente o meu coração? Quais as razões que me fazem levantar de manhã? O que faço para “educar” o meu olhar e o meu coração? Como me relaciono com os bens materiais? Como disponho dos meus bens?

-Disse Jesus: “Onde está o teu tesouro, aí estará também o teu coração”. Tudo o que somos, fazemos e temos deve ser pensado e colocado a serviço da construção do Reino, que é dos Céus, mas que pode acontecer já aqui na terra. Mudar o olhar é mudar nossa forma de avaliar o uso que fazemos dos bens que dispomos. Um olhar sadio é um olhar generoso; um olhar doente é um olhar egoísta. Vá espalhando o bem por aí, como diz a música “Cantando eu vou”, da banda Melim:

Cantando eu vou espalhando o bem por ai /Cantando eu vou Espantando o mal
Cantando eu vou espalhando o bem por ai /Cantando eu vou Espantando o mal daqui
Cada palavra bonita que você diz / Sua vida se torna mais bela
Cada pessoa pra quem sorri /O dia se alegra Pra ela Pra você Pra mim
A sua grandeza /É todo amor dentro de você /Enfrentar a fraqueza /Faz ela desaparecer Cantando eu vou...
Cada palavra bonita que você não diz
Diga
Cada pessoa pra quem você não sorri
Sorria pra ela, pra você, pra mim

-Termina sua oração pedindo que o Senhor te ajude a aprender a dar o devido valor às pessoas, oportunidades, relacionamentos e bens ao seu redor. Que seu coração não se corrompa trancafiado nos cofres deste mundo.

-Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo. Como era no princípio, agora e sempre. Amém.