Você está em:

16 de setembro, 6ª feira, Dia de São Cornélio e São Cipriano

Baixar áudio
-Hoje é 16 de setembro, sexta-feira, dia de São Cornélio, papa, e São Cipriano, bispo, ambos mártires da Igreja.

-Hoje a Igreja celebra o martírio, o testemunho fiel, de dois grandes santos. Cornélio e Cipriano. O sangue dos mártires é a semente de novos cristãos. Com o martírio vemos nítida a fidelidade dos seguidores de Jesus, que nos dão um exemplo de amor ao Reino. Suplique ao Senhor a capacidade de testemunhá-lo por palavras e ações. Seja testemunha de Jesus Cristo em todos os dias de tuas vidas sobre a terra.

-Escuta o Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas, capítulo 8, versículos 1 a 3.

Naquele tempo, Jesus andava por cidades e povoados, pregando e anunciando a Boa-Nova do Reino de Deus. Os doze iam com ele; e também algumas mulheres que haviam sido curadas de maus espíritos e doenças: Maria, chamada Madalena, da qual tinham saído sete demônios; Joana, mulher de Cuza, alto funcionário de Herodes; Susana, e várias outras mulheres que ajudavam a Jesus e aos discípulos com os bens que possuíam.

-Jesus era seguido por inúmeras mulheres naquele tempo e nos dias de hoje. Sua boa nova transformava a vida das pessoas e ainda mexe com nosso coração e entendimento despertando-nos a ser seus seguidores e continuarmos sua missão no mundo de hoje, amando e servindo. Peça ao Senhor a mesma fidelidade das mulheres que o seguiam e o serviam naquele tempo, bem como o auxílio e intercessão dos mártires que derramaram o sangue para testemunhá-lo em tempos tão complexos de perseguição. Suplique ao Senhor para que você não sucumba ao medo e aos ídolos dos dias de hoje.

-Confia plenamente no Evangelho de Jesus ou se deixa seduzir por outras mensagens, de ódio e mentira? Você é testemunha de Jesus em palavras e atos ou está seguindo aos ídolos deste mundo? Na Igreja de hoje somos capazes de respeitar o papel protagonista das mulheres ou elas são deixadas de lado nas instancias decisórias da vida da Igreja?

-“Jesus andava por cidades e povoados, pregando e anunciando a Boa-Nova do Reino de Deus”. Jesus vive sua missão. Anunciar pelo mundo o Evangelho: a boa nova do amor de Deus. Que nos sintamos corresponsáveis com o anúncio do Evangelho em nossas comunidades, paróquias, Igrejas particulares, a fim de que o mundo se transforme à luz da Palavra de Deus. O poema “Quando Secar o Rio de Minha Infância” de Frei Tito Alencar, exilado pela Ditadura Militar, texto escrito no seu Exílio na França, diz assim:

Quando secar o rio de minha infância secará toda dor.
Quando os regatos límpidos de meu ser secarem
Minha alma perderá sua força. Buscarei, então, pastagens distantes –
lá onde o ódio não tem teto para repousar.
Ali erguerei uma tenda junto aos bosques.
Todas as tardes me deitarei na relva e
nos dias silenciosos farei minha oração.
Meu eterno canto de amor:
expressão pura de minha mais profunda angústia.
Nos dias primaveris,
colherei flores para meu jardim da saudade.
Assim, exterminarei a lembrança de um passado sombrio.

- Conclua a sua oração rezando por todos os perseguidos pelo anúncio do Evangelho do Reino, por causa da fidelidade a Cristo. Que não nos deixe morrer a esperança. Oremos pelos que sofrem.

- Gloria ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo. Assim como era no princípio, agora e sempre.