Você está em:

16 de outubro, 29º Domingo do Tempo comum

Baixar áudio
- Hoje é dia 16 de outubro, 29º Domingo do Tempo comum.

-No evangelho de hoje Jesus contou aos discípulos uma parábola, para mostrar-lhes a necessidade de rezar sempre, e nunca desistir. A vida do cristão é marcada pela oração. Lugar de encontro, na intimidade, com o Deus que escuta nossas necessidades. O tempo de Deus provoca em nós paciência e perseverança para esperarmos nele.
Peça ao Senhor a graça da perseverança na oração para que percorras o caminho interior de permanecer na presença de Deus.

-Escuta o Evangelho segundo Lucas, capítulo 18, versículos 1 a 8:

Naquele tempo, Jesus contou aos discípulos uma parábola, para mostrar-lhes a necessidade de rezar sempre, e nunca desistir, dizendo: “Numa cidade havia um juiz que não temia a Deus, e não respeitava homem algum. Na mesma cidade havia uma viúva, que vinha à procura do juiz, pedindo: ‘Faze-me justiça contra o meu adversário!’ Durante muito tempo, o juiz se recusou. Por fim, ele pensou: ‘Eu não temo a Deus, e não respeito homem algum. Mas esta viúva já me está aborrecendo. Vou fazer-lhe justiça, para que ela não venha agredir-me!’” e o Senhor acrescentou: “Escutai o que diz esse juiz injusto. E Deus, não fará justiça aos seus escolhidos, que dia e noite gritam por ele? Será que vai fazê-los esperar? Eu vos digo que Deus lhes fará justiça bem depressa. Mas o Filho do homem, quando vier, será que ainda vai encontrar fé sobre a terra?”

-A oração constante é um desafio para o discípulo de Jesus. Porém, é graça e dom que se cultiva. Manifesta a relação íntima com o Pai no caminho de seguimento. A oração nos faz pacientemente esperar o tempo de Deus que “fará justiça bem depressa”. A aparente demora não é descaso de Deus, mas a oportunidade de criarmos uma relação com Ele, conhecer a Sua vontade. Converse com Deus sobre a dificuldade de compreender o tempo dele, suas demoras e tuas impaciências...

-Abra-te ao amor de Deus. Ele escuta tua oração. Como está tua oração? És constante? Tens perseverança? Sabes esperar pacientemente no Senhor?

- “Mas o Filho do homem, quando vier, será que ainda vai encontrar fé sobre a terra?” Reze. Esteja sempre na presença do Senhor. Prepare com fé teu encontro com Ele. Estejas prontos para receber o que Deus reserva pra Ti. Na oração para pedir o espírito de oração, Dom Bruno Forte reza assim:

Pai Santo,
Tu, que me chamaste no deserto
para falar-me na intimidade do coração,
Tu, contra quem lutei e venceste,
faze que, renunciando aos meus álibis e minhas defesas,
tenha finalmente a coragem
de deixar-me amar por Ti,
e deixar-me contemplar por Teu olhar penetrante e criador.
Vem a mim com o fogo do Teu Espírito Santo!
Que Ele me configure ao Teu Filho Jesus Cristo
nos mistérios de Sua história de encarnação, morte e ressurreição.
Leva-me ao frescor das nascentes, onde possa repousar o meu cansaço e a minha dor.
Teu Espírito seja para mim desejo, consolo e santa inquietação.
Quando o Espírito tiver inundado a ativa paciência de minha oração
como, um dia, inundou a acolhedora escuta da Virgem Mãe Maria,
então me sentirei em Ti e sentirei que estás em mim com Teu Filho,
e poderei, luz na luz, testemunhar-Te a todos em ação de graças sem fim.
Amém. Aleluia!

- Termina a tua oração pedindo a graça da perseverança na oração e o dom da paciência, fruto do Espírito que clama em nós. Procura compreender as demoras de Deus e acolha sua vontade em teu viver.

- Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo; como era no princípio, agora e sempre. Amém!