Você está em:

16 de novembro, 3ª feira da 33ª Semana do Tempo Comum.

Baixar áudio
- Hoje é dia 16 de novembro, 3ª feira da 33ª semana do tempo comum.

- Zaqueu é a uma das poucas pessoas que, nos quatro Evangelhos, toma a iniciativa de encontrar-se com o mestre Jesus: nada tem a dizer e nada tem a pedir. No seu interior palpita um desejo estranho. Diz o evangelho que desejava “ver quem era Jesus”. O nome e a pessoa de Jesus tiraram o véu que encobria o vazio de seu coração, a solidão na qual se encontrava, a insignificância de seus próprios dias. Peça ao Senhor a graça de também abrir as portas do seu coração para que Ele possa nele habitar, como fez com Zaqueu e, assim, possa te transformar.

- Escuta o Evangelho segundo Lucas, capítulo 19 versículos de 1 a 10.

“Naquele tempo: Jesus tinha entrado em Jericó e estava atravessando a cidade. Havia ali um homem chamado Zaqueu, que era chefe dos cobradores de impostos e muito rico. Zaqueu procurava ver quem era Jesus, mas não conseguia, por causa da multidão, pois era muito baixo. Então ele correu à frente e subiu numa figueira para ver Jesus, que devia passar por ali. Quando Jesus chegou ao lugar, olhou para cima e disse: 'Zaqueu, desce depressa! Hoje eu devo ficar na tua casa.' Ele desceu depressa, e recebeu Jesus com alegria. Ao ver isso, todos começaram a murmurar, dizendo: 'Ele foi hospedar-se na casa de um pecador!' Zaqueu ficou de pé, e disse ao Senhor: 'Senhor, eu dou a metade dos meus bens aos pobres, e se defraudei alguém, vou devolver quatro vezes mais.' Jesus lhe disse: 'Hoje a salvação entrou nesta casa, porque também este homem é um filho de Abraão. Com efeito, o Filho do Homem veio procurar e salvar o que estava perdido.'
-O encontro de Zaqueu com Jesus acontece na estrada, onde transitam, onde ocorrem os acontecimentos do dia-a-dia e onde a vida transcorre. Zaqueu não se preocupa com mais nada: nem com a boa imagem ou com o que a multidão pensaria ao vê-lo sobre uma árvore. Jesus entra na vida de Zaqueu e de sua família e o leva à conversão, à mudança de pensamento e assim de atitude. Somente depois daquele encontro, fulminado pelo olhar e pelas palavras de Jesus, com o coração transbordante de alegria, Zaqueu se sente renovado e tudo, ao seu redor, lhe parece novo e diferente. Assim, o chefe dos publicanos se torna transbordante, apaixonado, protagonista de uma vida nova. Ele passa da solidão à partilha, da tristeza à alegria... Peça ao Senhor que você também descubra a luz do seu olhar e experimente a ternura de ser procurado e amado como Zaqueu.

-Somos capazes de abrir as portas do nosso coração para acolher o Senhor? De quais atitudes devemos nos converter para que também Jesus possa nos dizer: “Hoje a salvação entrou na sua casa”?

- 'Zaqueu, desce depressa! Hoje eu devo ficar na tua casa.', diz Jesus no evangelho de hoje. Ele foi hospedar-se na casa de um pecador! Que ele se hospede também em nossa vida! Ouça o que diz Mahatma Gandhi num poema chamado “A descoberta do amor”:

Ensaia um sorriso
e oferece-o a quem não teve nenhum.
Agarra um raio de sol
e desprende-o onde houver noite.
Descobre uma nascente
e nela limpa quem vive na lama.
Toma uma lágrima
e pousa-a em quem nunca chorou.
Ganha coragem
e dá-a a quem não sabe lutar.
Inventa a vida
e conta-a a quem nada compreende.
Enche-te de esperança
e vive à sua luz.
Enriquece-te de bondade
e oferece-a a quem não sabe dar.
Vive com amor
e fá-lo conhecer ao Mundo.

- Peça ao Senhor que habite sempre o íntimo de seu coração. Dê graças a Ele que vem sempre em sua direção e não obstante as suas misérias, faz refeição contigo e se dá em alimento.

-Glória ao Pai, e ao Filho e ao Espírito Santo. Como era no princípio, agora e sempre, pelos séculos dos séculos. Amém.