Você está em:

15 de janeiro, sábado da 1ª Semana do Tempo Comum

Baixar áudio
- Hoje é dia 15 de janeiro, sábado da 1ª Semana do Tempo Comum

- O Evangelho de hoje nos mostra Jesus chamando Levi para ser seu discípulo. Deus se aproxima do ser humano sem levar em conta nossas imperfeições e falhas. A todo momento somos convidados a ser melhores para nós mesmos e para os outros ao nosso redor. É necessário se dar conta desta presença e dessa aproximação em nossa vida, mesmo quando tudo não está como queremos. Peça ao Senhor a graça de acolher e aceitar novos desafios.

- Escuta o Evangelho Segundo Marcos, Capítulo 2, versículos 13 a 17:

“Jesus foi de novo para a praia do lago da Galileia. O povo foi lá procurá-lo e ele pôs-se a ensinar. De regresso, viu Levi, filho de Alfeu, sentado no posto de cobrança de impostos, e disse-lhe: "Vem comigo!" Levi levantou-se e foi com ele. Mais tarde, em casa de Levi, Jesus e os seus discípulos sentaram-se à mesa com cobradores de impostos e outra gente de má fama. E eram muitos os que acompanhavam Jesus. Mas alguns doutores da Lei, da seita dos fariseus, ao verem que ele comia com aquela gente, perguntaram aos seus discípulos: "Como pode ele comer com gente de má fama e cobradores de impostos?" Jesus ouviu-os e respondeu-lhes: "Não são os que têm saúde que precisam de médico, mas sim os doentes. Ora eu não vim chamar os justos, mas os pecadores."

-Levi levantou-se e foi com Jesus. Deixou sua antiga vida para começar um novo seguimento, agora não mais nas bancas do recolhimento do imposto para os romanos, mas, ao lado de Jesus, aprendendo e se solidarizando com o povo, aprendendo a se aproximar dos pecadores. Peça ao Senhor que também tenha essa disponibilidade para acolher o chamado de Jesus, mesmo nas pequenas ações do dia-a-dia.

- Toma consciência da fé e da confiança em Deus. Você se aproxima das pessoas que não te são simpáticas? Como acolhe os outros, sobretudo aqueles de quem não gosta? Considera que somos todos irmãos? Ou o Pai Nosso é só para declamar e não para viver?

- “Ora eu não vim chamar os justos, mas os pecadores.” nos diz o evangelho de hoje. Deus está ao lado de todos e nós nos abrimos a essa nova forma de viver e conviver! Saibamos aprender com Jesus a acolher a todos e distribuir nosso sorriso e gentileza para toda a humanidade. Veja o que diz o poema de Astrid Cabral:

Amor como tremor de terra
abalando montanhas e minérios
nas entranhas da minha carne.
Amor como relâmpagos e sóis
inaugurando auroras
ou ateando faíscas e incêndios
nas trevas da minha noite.
Amor como açudes sangrando
ou caudais e tempestades
despencando dilúvios.
E não me falem de ruínas
nem de cinzas, nem de lama.

- Termina tua oração pedindo a Deus Pai para que tenhas o coração aberto ao mundo inteiro. Peça a graça de sempre abrir-se um pouco a cada dia aos chamados do amor.

- Gloria ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo. Assim como era no princípio, agora e sempre. Amém!