Você está em:

06 de dezembro, 2ª feira da segunda semana do Advento

Baixar áudio
-Hoje é dia 06 de dezembro, segunda feira da segunda semana do Advento.

-“É à sua volta estavam sentados fariseus e doutores da Lei, vindos de todas as aldeias da Galileia, da Judéia e de Jerusalém”, diz o evangelho de hoje. Jesus estava ensinando e o poder de Deus agia através D’Ele. Ao perceber a fé dos que traziam um paralítico, os elogiou e perdoou os pecados do paralítico. Diante da murmuração dos fariseus e doutores da Lei, Jesus não só perdoou os pecados do paralítico, mas também lhe disse: “pega o teu leito e anda”. Peça ao Senhor a graça do dom da fé e a capacidade de acolher a sua misericórdia que cura e traz vida nova.

-Escuta o Evangelho de São Lucas, capítulo 5, versículos 17 a 26:

“Um dia Jesus estava ensinando. É sua volta estavam sentados fariseus e doutores da Lei, vindos de todas as aldeias da Galileia, da Judéia e de Jerusalém. E a virtude do Senhor o levava a curar. Uns homens traziam um paralítico num leito e procuravam fazê-lo entrar para apresentá-lo. Mas, não achando por onde introduzi-lo, devido à multidão, subiram ao telhado e por entre as telhas o desceram com o leito no meio da assembleia diante de Jesus. Vendo-lhes a fé, ele disse: Homem, teus pecados estão perdoados. Os escribas e fariseus começaram a murmurar, dizendo: Quem é este que assim blasfema? Quem pode perdoar os pecados senão Deus? Conhecendo-lhes os pensamentos, Jesus respondeu, dizendo: 'Por que murmurais em vossos corações? O que é mais fácil dizer: 'teus pecados estão perdoados', ou dizer: 'levanta-te e anda'? Pois, para que saibais que o Filho do homem tem na terra poder de perdoar os pecados - disse ao paralítico - eu te digo: levanta-te, pega o leito e vai para casa'. Imediatamente, diante deles, ele se levantou, tomou o leito e foi para casa, louvando a Deus. Todos ficaram fora de si, glorificavam a Deus e cheios de temor diziam: 'Hoje vimos coisas maravilhosas!

-“Quem é este que assim blasfema”? , murmuravam os escribas e fariseus ao ouvir Jesus que dizia: “teus pecados estão perdoados”. Em Jesus Cristo, o Reino de Deus foi anunciado e testemunhado. O Reino de Deus é vida e liberdade de toda forma de opressão, de morte, de escravidão, de paralisia. Por outro lado, os fariseus e escribas não estavam a favor da vida, mas da morte e escravidão através das leis, do sistema corrupto que excluía, marginalizava e paralisava as pessoas julgando-as e condenando-as até mesmo pela religião. Converse com o Senhor pedindo a graça de estar sempre a favor da vida comprometido com Ele e o Reino que veio anunciar.

-À luz do evangelho de hoje, deixe-se questionar: como você se posiciona diante das injustiças geradoras de muitas paralisias na vida das pessoas? como você pode ajudar no processo de libertação da vida das pessoas que se encontram oprimidas, escravizadas, exploradas, marginalizadas, paralisadas?

- “Imediatamente, diante deles, ele se levantou, tomou o leito e foi para casa, louvando a Deus” (Lc 5, 25). Jesus mostrou, através de sua ação, que existem outras formas de ver e de viver sem dependências libertando as pessoas de todo tipo de escravidão. Ouçamos o poema de Dom Pedro Casaldáliga chamado “Profecia extrema”:

“Por meu povo em luta, vivo. Com meu povo em marcha, vou. Tenho fé de guerrilheiro e amor de revolução. E entre Evangelho e canção sofro e digo o que quero. Se escandalizo, primeiro queimei o próprio coração ao fogo desta paixão, cruz de seu mesmo madeiro”

-Termine sua oração dando graças a Deus pela semente de sua palavra lançada em seu coração. Peça a Ele que, com a força do seu Espírito de amor, você possa viver comprometido com a vida e libertação de todas as pessoas que encontrar no caminho de sua vida, dando testemunho de sua palavra libertadora.

-Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo: assim como era no princípio, agora e sempre. Amém.