Você está em:

14 de março, 2ª feira da 2ª Semana da Quaresma

Baixar áudio
- Hoje é dia 14 de março, 2ª feira da 2ª Semana da Quaresma.

- A Palavra de Deus sempre nos convida à vivência da misericórdia. Hoje é o próprio Jesus que nos pede: “Sede misericordiosos como o Pai é misericordioso.” A referência para o exercício da misericórdia é o próprio Deus, o Pai misericordioso, que em Jesus transborda de compaixão e misericórdia para com todos e todas. Peça ao Senhor a graça de escutar a Palavra e torná-la ação em sua própria vida, para que ela te ajude a viver a misericórdia, a exemplo do Pai.

- Escuta o Evangelho Segundo Lucas, Capítulo 6, versículos 36 a 38.

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos:
Sede misericordiosos, como também o vosso Pai é misericordioso.
Não julgueis e não sereis julgados; não condeneis e não sereis condenados;
perdoai, e sereis perdoados.
Dai e vos será dado. Uma boa medida, calcada, sacudida, transbordante
será colocada no vosso colo; porque com a mesma medida com que medirdes os outros,
vós também sereis medidos.'

- Jesus no Evangelho nos ensina a viver a misericórdia como medida para todas as nossas ações. Por exemplo: as ações de não julgar; não condenar; perdoar e ser generoso. Estas ações nos põem em sintonia com o projeto do Pai, pois tudo o que praticarmos com os outros será a medida para que também o Pai e os outros façam conosco. Afinal a misericórdia é o amor que plenifica o coração, transbordando sobre os outros, para aproximar o Reino de Deus das pessoas, e as pessoas do Reino. É a prática da misericórdia que dignifica o ser humano: tanto para quem a dá, quanto para quem recebe. Peça ao Senhor a graça de um coração misericordioso, capaz de não julgar, nem condenar, mas sim de perdoar e amar.

- Misericórdia é o nome de Deus, e Jesus é o Rosto da misericórdia revelado entre nós pelo seu modo de agir. Você tem agido como uma pessoa misericordiosa? Tem feito aos outros o mesmo que deseja que lhe façam? Com que você tem transbordado a sua medida: com misericórdia ou intolerância?

-“Sede misericordiosos como vosso Pai é misericordioso.”, disse Jesus. Sermos misericordiosos, perdoando-nos mutuamente, é uma forma de nos assemelharmos ao Senhor nosso Deus e Pai e atender ao pedido de Jesus para sermos misericordiosos como o Pai. Ouça o que nos diz o Papa Francisco na Exortação Apostólica sobre a Santidade:

Dar e perdoar é tentar reproduzir na nossa vida um pequeno reflexo da perfeição de Deus, que dá e perdoa superabundantemente. Por esta razão, no Evangelho de Lucas, já não encontramos «sede perfeitos», mas «sede misericordiosos como o vosso Pai é misericordioso. Não julgueis e não sereis julgados; não condeneis e não sereis condenados; perdoai e sereis perdoados. Dai e ser-vos-á dado». E depois Lucas acrescenta algo que não deveríamos transcurar: «a medida que usardes com os outros será usada convosco». A medida que usarmos para compreender e perdoar será aplicada a nós para nos perdoar. A medida que aplicarmos para dar, será aplicada a nós no céu para nos recompensar. Não nos convém esquecê-lo.

- Termina a tua oração agradecendo ao Senhor pela sua infinita misericórdia, pelo amor e pela compaixão que Ele tem derramado sobre a humanidade, sobre sua família e sobre você. Peça ao Senhor a graça de se assemelhar a Ele e agir sempre com misericórdia e com amor para com as pessoas que de ti se aproximam.

- Pai Nosso que estais nos céus, santificado seja vosso nome, venha nós o vosso Reino, seja feita a vossa vontade, assim, na terra como no céu; o pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido; e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal.