Você está em:

14 de abril, 5ª feira Santa da Páscoa

Baixar áudio

- Hoje 14 de abril de 2022, Quinta Feira Santa da Páscoa.

-A cena do “lava-pés” certamente impactou os discípulos, como nos narra o evangelho de hoje. Jesus cumpre sua missão até ao fim. Não foge, não hesita, não desconfia. Ama até ao fim. O Reino de Deus é o Reino do Serviço. Servir por amor. Até os serviços mais humildes, desde que seja por Amor. Peça ao Senhor que te ajude a sempre amar e servir.

- Escuta o evangelho de João, capítulo 13, versículos de 1 a 15:

Antes da festa da Páscoa, Jesus sabendo que chegara a hora de passar deste mundo ao Pai, tendo amado os seus que estavam neste mundo, amou-os até o fim. Iniciou-se a ceia, e o diabo já tinha posto no coração de Judas Iscariotes o propósito de traí-lo. Jesus sabendo que o Pai tinha entregue tudo em suas mãos e que saíra de junto de Deus e para Deus voltava, levantou-se da ceia, tirou o manto, pegou uma toalha e amarrou-a à cintura. Derramou água numa bacia, pôs-se a lavar os pés dos discípulos, e enxugava-os com a toalha que trazia à cintura. Chegou assim a Pedro que lhe dizia: “Senhor, tu me lavas os pés?”. Jesus respondeu: “Agora não entendes o que eu faço; mais tarde o compreenderás”. Pedro disse: “Nunca me lavarás os pés!” Jesus, porém, respondeu: “Se eu não te lavar, não terás parte comigo”. Simão Pedro disse: “Senhor, lava-me não somente os pés, mas também as mãos e a cabeça”. Jesus respondeu: “Quem tomou banho, não precisa lavar as mãos e os pés, pois está todo limpo. Vós também estais limpos, mas não todos”. Com efeito, bem sabia quem o haveria de trair, por isso disse: “Nem todos estais limpos”.
Depois de lavar os pés dos discípulos, Jesus vestiu o manto, sentou-se à mesa e perguntou-lhes:
Entendeis o que eu vos fiz? Vós me chamais Mestre e Senhor; e dizeis bem, porque eu o sou. Se eu, o Senhor e Mestre, vos lavei os pés, também vós deveis lavar os pés uns dos outros. Dei-vos o exemplo, para que também vós façais assim como eu vos fiz.”

- Jesus quis ensinar que os seus seguidores e os cristãos são chamados a servir como ele fez durante toda a sua vida. E no final realizou o gesto do lava-pés durante a instituição da Ceia. Jesus os faz lembrar que Ele é Senhor e Mestre, porém, de modo bem diferente do que se via. Ele, ao invés de ser servido, toma a iniciativa de servir os seus, lavando-lhe seus pés. Seguindo seu exemplo, os discípulos devem fazer a mesma coisa: servir uns aos outros! Entregue você também “seus pés” e tudo aquilo que precisa ser lavado de forma compassiva pelo Mestre Jesus. Talvez você se sinta constrangido como Pedro, mas no final, permita que Ele aja em sua vida.

- Nós sentimos alegria e gratidão porque Jesus, o nosso Mestre, faz o que diz. E você, serve a todos os que te pedem ajuda? Você o faz com alegria e generosidade como o fez Jesus?
Fundo musical: 30’’

-“Tendo amado os seus que estavam neste mundo, amou-os até o fim”, nos diz o evangelho. A música “Jesus erguendo-se da ceia” nos lembra:

Jesus, erguendo-se da Ceia, jarro e bacia tomou.
Lavou os pés dos discípulos, este exemplo nos deixou.
Aos pés de Pedro inclinou-se. "Ó Mestre não por quem és!"
"Não terás parte comigo se não lavar os teus pés."
"Não terás parte comigo se não lavar os teus pés."

"És o Senhor, tu és o Mestre, os meus pés não lavarás!"
"O que ora faço não sabes, mas depois compreenderás.
Se eu vosso Mestre e Senhor, vossos pés hoje lavei, lavai os pés uns dos outros!
Eis a lição que vos dei." "Lavai os pés uns dos outros! Eis a lição que vos dei."

"Eis como irão reconhecer-vos como discípulos meus,
se vos amais uns aos outros," disse Jesus para os seus.
"Dou-vos Novo Mandamento. Deixo, ao partir, nova Lei:
que vos ameis uns aos outros assim como eu vos amei!"
"Que vos ameis uns aos outros assim como eu vos amei!"

- Termina sua oração pedindo ao Senhor um coração manso e humilde, capaz de servir com e por amor seus irmãos, sobretudo aqueles que estão mais próximos de você.

-Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo. Como era no princípio, agora e sempre. Amém.