Você está em:

13 de agosto, Sábado, 19ª semana do Tempo Comum

Baixar áudio
-Hoje é dia 13 de agosto, Sábado da 19ª semana do Tempo comum

- No Evangelho de hoje, o evangelista Mateus enaltece as crianças, pois a criança é sempre símbolo de Cristo. A criança sempre traz alegrias para o ambiente no qual se encontra. Como as crianças dependem dos adultos e devem ser cuidadas, aqui, ao serem levadas para Jesus abençoar, elas representam todos aqueles que necessitam de se aproximar de Deus. Necessitam de cuidados para amadurecer na fé. Peça ao Senhor que abençoe a todos de quem dele necessita, sejam crianças, jovens e adultos. Que não sejam jogados fora, mas possam ser aproveitados em uma de suas obras e, assim, ter a oportunidade de colocar em prática o amor e a justiça.

- Abra o coração e se coloca na escuta das palavras do Evangelho de Jesus Cristo Segundo Mateus, Capítulo 19, versículos de 13 a 15:
-“Algumas pessoas trouxeram crianças até Jesus para que lhes impusesse as mãos e orasse por elas, mas os discípulos as repreenderam. Jesus, porém, disse: “Deixai as crianças virem a mim e não as impeçais, pois o Reino dos Céus pertence aos que se assemelham a elas”. E depois de lhes impor as mãos, partiu dali”.

- Esta passagem do Evangelho apresenta a narrativa da aproximação das crianças para serem abençoadas por Jesus e quer elevar a importância da existência da criança na vida do casal. Elas têm dependências de seus pais e podem despertar neles bons sentimentos e espírito de sacrifício para levar adiante a vida matrimonial. Peça ao Senhor que nos dê a sabedoria de viver bem neste mundo, colocando como prioridade o cuidado com as crianças, sejam nossos filhos de sangue, sejam os filhos de outros, mas todos filhos e filhas de Deus que merecem as coisas do Reino dos Céus. Deus abençoa e acolhe a todos.

- Que olhar você tem para com as crianças e o que é que elas te ensinam? O caminho para Deus é o da sinceridade, leveza e simplicidade. É este o caminho que você tem percorrido? É este que você quer percorrer?

-“Deixai as crianças virem a mim e não as impeçais, pois o Reino dos Céus pertence aos que se assemelham a elas”, diz Jesus, que abençoou as crianças. Que nossa Igreja se abra sempre para o acolhimento e escuta procurando entender as crianças nas suas relações com a família. Que se dedique e fortaleça as pastorais que cuidam das crianças possibilitando-as a realizarem o encontro com o mestre Jesus. Diz assim a letra da música “Ser criança”, de Tatiana Belinky:

“Ser criança é dureza-
Todo mundo manda em mim-
Se pergunto o motivo,
Me respondem “porque sim”.

Isso é falta de respeito,
“Porque sim” não é resposta,
Atitude autoritária
Coisa que ninguém gosta!

Adulto deve explicar
Pra criança compreender
Esses “podes” e “não podes”,
Pra aceitar sem se ofender!

Criança exige carinho,
E sim! Consideração!
Criança é gente, é pessoa,
Não bicho de estimação!”

- Termine sua oração dando graças pela presença do Senhor em sua vida. Peça ao Senhor que te conceda a graça e o discernimento para viver neste mundo sempre atentos aos cuidados e necessidades das crianças. Delas são o Reino dos Céus.

- O Senhor nos abençoe e nos guarde. O Senhor nos mostre o Seu rosto brilhante. O Senhor nos conceda sempre a sua paz.
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo. Assim como era no princípio, agora e sempre. Amém.