Você está em:

12 de fevereiro, sábado da 5ª Semana do Tempo Comum

Baixar áudio
- Hoje é dia 12 de fevereiro, sábado da 5ª Semana do Tempo Comum.

-O evangelho de hoje é chamado de multiplicação dos pães. Jesus, que continua sua caminhada rumo à cidade Jerusalém, é seguido por uma multidão esperançosa de ver ou receber alguma ação miraculosa do Senhor. Num dado momento, Jesus percebe a exaustão e a fome daquelas pessoas e se enche de compaixão e diz: “Tenho compaixão dessa multidão”. Sinta-se como a multidão olhada com compaixão por Jesus. Teus cansaços movem o coração do Senhor ao seu encontro. Fale com Ele sobre a fome mais essencial que você carrega no coração.

-Escuta o Evangelho Segundo Marcos, Capítulo 8, versículos 1 a 10:

-Naqueles dias, havia de novo uma grande multidão e não tinha o que comer. Jesus chamou os discípulos e disse: 'Tenho compaixão dessa multidão,
porque já faz três dias que está comigo e não têm nada para comer. Se eu os mandar para casa sem comer, vão desmaiar pelo caminho, porque muitos deles vieram de longe.' Os discípulos disseram: 'Como poderia alguém saciá-los de pão aqui no deserto?'
Jesus perguntou-lhes: 'Quantos pães tendes?'
Eles responderam: 'Sete.' Jesus mandou que a multidão se sentasse no chão.
Depois, pegou os sete pães, e deu graças, partiu-os e ia dando aos seus discípulos,
para que os distribuíssem. E eles os distribuíam ao povo.
Tinham também alguns peixinhos. Depois de pronunciar a bênção sobre eles,
mandou que os distribuíssem também. Comeram e ficaram satisfeitos,
e recolheram sete cestos com os pedaços que sobraram.
Eram quatro mil, mais ou menos. E Jesus os despediu.
Subindo logo na barca com seus discípulos, Jesus foi para a região de Dalmanuta.

-Jesus é invadido pelo desejo de matar a fome daquele povo. Os discípulos percebem a discrepância entre o que eles têm e o que precisam para alimentar a multidão. Mas a intervenção de Jesus nos mostra que o pouco partilhado pode se mostrar muito, diante da necessidade humana. A multidão é saciada com pães partilhados. Deus continua tendo compaixão da multidão de pessoas que hoje passa fome. Ele quer saciar a fome. Peça ao Senhor que te ajude a perceber quais são os peixes que você pode oferecer a Jesus para saciar a fome de muitos.

- Quais são os peixes que você pode oferecer a Jesus? Este peixe pode ser um serviço pastoral, um compromisso com os mais pobres. Que peixes sua comunidade cristã está oferecendo a Jesus?

-“Depois, pegou os sete pães, e deu graças, partiu-os e ia dando aos seus discípulos, para que os distribuíssem. E eles os distribuíam ao povo.”, narra o evangelho. Há aqui uma alusão a Eucaristia: dar graças, partir e distribuir. Sinta-se tocado e refeito pelo olhar bondoso de Cristo que se faz alimento cotidiano no banquete da Eucaristia. Numa oração/poema diz assim o Pe. Francys Silvestrini Adão:

Ajuda-me a aceitar Teu convite
a partilhar alguns dos peixes
que pesquei com Tua ajuda
Ensina-me a sonhar com o Banquete
onde haverá espaço para todos
e a fazê-lo um pouco mais presente
Transforma-me enfim
por Tua graça
num homem eucarístico
que já não se satisfaz
em partilhar coisas
mas que se oferece inteiro
para que meus irmãos Te encontrem
e mergulhem na Vida sem fim

- Termina tua oração dizendo ao Senhor o que você tem a lhe oferecer. Pode ser que seja só a sua própria fome, mesmo assim a ofereça a Ele.

- Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo. Como era no princípio, agora e sempre. Amém!