Você está em:

11 de Junho, sábado da 10ª Semana do Tempo Comum

Baixar áudio
-Hoje é dia 11 de Junho, Sábado da 10ª Semana do Tempo Comum.

-O Senhor nos chama, capacita cada um de nós e nos envia para a missão. Jesus orienta como agir. São dicas preciosas para um trabalho missionário eficaz e servem para todos nós. Jesus nos ensina que nossa missão é anunciar a proximidade do Reino. Quando acolhemos a Palavra de Deus e a colocamos em prática, o Reino de Deus fica mais próximo de nós; o Reino de Deus se aproxima quando fazemos o bem; quando ajudamos a diminuir a dor do outro, a curar as feridas, a resgatar a dignidade humana, a expulsar os males que atingem a humanidade, principalmente os indefesos; quando nos doamos ao próximo. Peça ao Senhor que te ilumine e capacite com a sua Palavra para que você seja presença do Reino entre os irmãos.

-Escuta o Evangelho segundo Mateus, capítulo 10, versículos 7 a 13:

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: “Em vosso caminho, anunciai: ‘O Reino dos céus está próximo’. Curai os doentes, ressuscitai os mortos, purificai os leprosos, expulsai os demônios. De graça recebestes, de graça deveis dar! Não leveis ouro, nem prata, nem dinheiro nos vossos cintos; nem sacola para o caminho, nem duas túnicas, nem sandálias, nem bastão, porque o operário tem direito ao seu sustento. Em qualquer cidade ou povoado onde entrardes, informai-vos para saber quem ali seja digno. Hospedai-vos com ele até a vossa partida. Ao entrardes numa casa, saudai-a. Se a casa for digna, desça sobre ela a vossa paz; se ela não for digna, volte para vós a vossa paz”.

-Para que a missão seja fecunda é preciso se abrir a ela e nos despojar de muitas coisas supérfluas que impedem de servir com liberdade e integralmente. Quem se apega a muita coisa não tem tempo para os outros, não cuida dos outros porque tem suas coisas para cuidar. Se o nosso tesouro estiver em bens materiais, nosso coração estará ali e não nos comoveremos com o sofrimento dos outros. É preciso ir ao encontro do outro, dos que estão afastados, adentrar suas casas, suas vidas, para falar de Jesus e do seu Reino; levar a paz. Todo discípulo missionário deve ser portador da paz de Cristo. Uma paz fruto da justiça. Converse com Deus sobre seu despojamento em favor do seu testemunho e missão frente aos desafios da hora presente.

-No dia a dia você proclama e testemunha a proximidade do Reino dos Céus com suas atitudes? O despojamento faz parte do seu agir cristão? Você constrói e leva a paz, fruto da Justiça aos irmãos, sobremaneira aos mais necessitados?

- “Por onde andardes, proclamai: O Reino dos Céus está próximo.”, diz Jesus. O Reino se faz presente quando fazemos acontecer os valores do evangelho em nossa vida e na vida dos irmãos; edificando a paz, fruto da Justiça. Diz assim a música “Quero ouvir Teu apelo”, da Ir. Míria Kolling:

Quero ouvir teu apelo, Senhor, ao teu chamado de amor responder.
Na alegria te quero servir, e anunciar o teu Reino de Amor.
E pelo mundo eu vou, cantando teu amor,
pois disponível estou, para servir-te, Senhor!:/
Dia a dia, Tua graça me dás, nela se apoia o meu caminhar.
Se estás a meu lado, Senhor, o que, então, poderei eu temer?

-Termina sua oração pedindo ao Senhor que lhe dê a graça de despojar-se do supérfluo para estar a serviço do Reino proclamando sua proximidade, edificando a Justiça e a Paz do Senhor.

-O SENHOR TE ABENÇOE E TE GUARDE. O SENHOR FAÇA BRILHAR SOBRE TI A SUA FACE E TE SEJA PROPÍCIO. O SENHOR VOLTE PARA TI O SEU ROSTO E TE DÊ A PAZ.