Você está em:

11 de dezembro, sábado da 2ª semana do Advento

Baixar áudio
- Hoje é dia 11 de dezembro, sábado da segunda semana do Tempo do Advento.

-O tempo do Advento, é um tempo de esperança. Deus através dos profetas e Profetizas, mensageiros de sua Palavra, nos aponta sinais de esperança. O profeta Elias e também João Batista, são homens de fé, que nos revelam sinais de esperança. Tudo se cumprirá em seu tempo. Renovemos nossa fé na fidelidade de nosso Deus. Peça ao Senhor a graça de viver bem o Advento, de mergulhar neste mistério e nos preparar para celebrá-lo no Natal.

- Escute o Evangelho de Mateus capítulo 17, versículos de 10 a 13.

Ao descerem do monte, os discípulos perguntaram a Jesus:
'Por que os mestres da Lei dizem que Elias deve vir primeiro?' Jesus respondeu:
'Elias vem e colocará tudo em ordem. Ora, eu vos digo: Elias já veio, mas eles não o reconheceram.
Ao contrário, fizeram com ele tudo o que quiseram. Assim também o Filho do Homem será maltratado por eles.'
Então os discípulos compreenderam que Jesus lhes falava de João Batista.

- Neste evangelho vemos o momento em que Jesus e seus discípulos descem do Monte Tabor. Este trecho se passa após o episódio da transfiguração. É o tempo de voltar a planície e prosseguir no caminho. No questionamento feito pelos discípulos a Jesus aparecem duas figuras, dois grandes Profetas, Elias e João Batista. Eles revelam o início da Profecia da vinda do Messias e o momento derradeiro, em que o Senhor está para chegar. O Senhor virá. Jesus é o sinal Divino de esperança e de vida! Peça ao Senhor a graça de estar sempre atento para perceber sua chegada.

- Onde você tem fundamentado suas esperanças e alegrias? A Palavra de Deus é sinal de esperança em sua vida? O que está de fato preparando para o Natal? Como está seu coração?
Quem são os verdadeiros Profetas de hoje? O que estão anunciando ou denunciando?

- “Assim também o Filho do Homem será maltratado por eles”, diz Jesus sobre si mesmo no evangelho de hoje. Façamos diferente. É tempo do Advento, vamos nos preparar bem para celebrar o Verbo Encarnado, que é Jesus! Renovemos nossa esperança, Ele é Deus conosco. Trilhemos um caminho de conversão e justiça. A poeta Cecilia Meireles no poema “Compras de Natal” diz assim:

“São as cestinhas forradas de seda, as caixas transparentes os estojos, os papéis de embrulho com desenhos inesperados, os barbantes, atilhos, fitas, o que na verdade oferecemos aos parentes e amigos. Pagamos por essa graça delicada da ilusão. E logo tudo se esvai, por entre sorrisos e alegrias. Durável apenas o Meninozinho nas suas palhas, a olhar para este mundo.”

- Termine sua oração louvando a Deus por Seu Amor infinito. Peça também que teu coração esteja aberto a Sua Palavra e possa celebrar intensamente o Natal, o nascimento de Jesus, o Deus conosco.

-Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo, assim como era no princípio, agora e sempre. Amém.