Você está em:

05 de setembro, 2ª feira, 23ª semana do Tempo Comum

Baixar áudio
- Hoje é dia 05 de setembro, 2ª feira, 23ª semana do Tempo Comum.

- O Evangelho de hoje narra o episódio do homem com a mão seca. É dia de sábado. Jesus entra e depara-se com esse homem cuja mão direita era seca ou para entendermos melhor, “paralisada”. Ao sondar os pensamentos dos fariseus e escribas que aí se encontravam, Jesus pede ao homem que se dirija ao centro e realiza a cura, fato que gera raiva nos fariseus. Inicia sua oração pedindo ao Senhor que te ajude a colocar sempre a vida em primeiro lugar.

– Escuta o evangelho de Lucas, capítulo 6, versículos de 6 a 11:

Era sábado. Jesus entrou na sinagoga e começou a ensinar na sinagoga. Lá estava um homem que tinha a mão direita seca. Os escribas e os fariseus, buscando um motivo para acusar Jesus, observavam-no para ver se faria uma cura em dia de sábado. Ele, porém, conhecendo seus pensamentos, disse ao homem da mão seca: “Levanta-te e fica aqui no meio!” Ele se levantou e ficou de pé. Jesus disse-lhes: “Eu vos pergunto: o que é permitido em dia de sábado, fazer o bem ou fazer o mal, salvar uma vida ou deixa-la perecer?” E passando o olhar sobre todos eles, disse ao homem: “Estende a mão!” O homem o assim o fez, e sua mão ficou curada. Eles, porém, se encheram de raiva e começaram a discutir entre si o que fariam contra Jesus.

-A cura realizada por Jesus nos revela que a lei não está para nos fazer escravos ou para excluir. Ao curar o homem da mão seca no dia de sábado, Jesus insere novamente aquele homem em um contexto social e religioso, o faz participante em pé de igualdade, da graça divina. É exatamente o que Jesus continua a fazer com cada um de nós! Iluminado por esta palavra, peça a Jesus que visite o seu coração e suscite aquilo que precisa ser curado, sobretudo, aquilo que hoje é motivo de seu distanciamento de Deus. Seja a ausência do perdão, a falta de fé ou de doação de vida, que a Palavra dita em seus lábios, possa chegar ao seu coração.

-Quanta alegria aquele homem deve ter sentido quando se viu curado. Se fosse com você, o que você diria a Jesus? Você já pensou quantas maravilhas Jesus já fez em sua vida, na vida de sua família?

- “Estende a mão!” O homem o assim o fez, e sua mão ficou curada, nos conta o evangelho de hoje. Jesus também deseja realizar sua Palavra em nós. Que se realize em sua vida o que a cronista portuguesa Daniela Barrera diz no seu poema “Os anos passam. E o que fica?”:

Os anos passam.
Que saibas olhar bem para ti. Para dentro de ti. Que saibas percorrer cada pedaço do teu coração, onde guardas (só) o que importa. O que importa de verdade.
Que saibas morar em cada abraço.
Que saibas abraçar cada mão dada.
Que saibas entregar-te em cada olhar.
Que saibas sentir cada sorriso.
Que saibas curar em cada beijo.
Que saibas amar as pessoas. As tuas pessoas. As que ficam. Sempre. Para sempre.
Que saibas tatuar corações com a tua vida.
Que saibas deixar que outras vidas te tatuem o coração.
Que saibas agradecer cada milagre.
Que saibas encontrar força para cada tempestade.
Que saibas viver e ser, sempre, com o coração.
Que saibas viver e ser, sempre, com amor.
Todos os dias.
Porque, enquanto os anos passam, é só isto que fica. E que te salva.
Sempre. Para sempre.
Que o saibas, também.

– Termina sua oração agradecendo ao Senhor que te cura e salva sempre em seu amor. Peça também que Ele te dê coragem para viver todos os dias tatuando amor no coração das pessoas.

– Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo. Como era no princípio, agora e sempre. Amém.