Você está em:

05 de fevereiro, sábado da 4ª Semana do Tempo Comum

Baixar áudio
-Hoje é dia 05 de fevereiro, sábado da 4ª Semana do Tempo Comum

-Apesar de ser início do ano, a rotina diária nos esgota, sentimo-nos cansados, às vezes desanimados e até abatidos, diante de tantas situações e esforços que a vida nos impõe. E como é bom quando podemos fazer uma pausa, descansar, relaxar um pouco. Precisamos tirar um tempo para nós mesmos, para um encontro de qualidade conosco, na presença amorosa com Deus para nos refazer, encontrar forças para retomar a caminhada com novo ânimo. Busque em seu coração um pouco dessa paz que vem de Deus, procure descobrir-se amado por Deus, acolhido em seu abraço fraterno e misericordioso.

- Agora, abra os ouvidos e o coração para acolher o Evangelho de Jesus Cristo Segundo Marcos, Capítulo 6º, versículos 30 a 34.
“Os apóstolos se reuniram junto de Jesus e lhe contaram tudo o que tinham feito e ensinado. Ele disse-lhes: ‘Vinde, a sós, para um lugar deserto, e descansai um pouco’! Havia, de fato, tanta gente chegando e saindo, que não tinham nem tempo para comer. Foram, então, de barco, para um lugar deserto, a sós. Muitos os viram partir e perceberam a intenção; saíram então de todas as cidades e, a pé, correram à frente e chegaram lá antes deles. Ao sair do barco, Jesus viu uma grande multidão e encheu-se de compaixão por eles, porque eram como ovelhas que não têm pastor. E começou, então, a ensinar-lhes muitas coisas.”

Também os discípulos estavam cansados. Eles voltavam de um trabalho missionário e também tinham fome. Jesus reconhece a necessidade do descanso deles e os chama para um local à parte. Porém o povo se antecipa, chega primeiro ao local do descanso. Jesus percebe que a necessidade do povo é ainda maior que o justificado descanso dos discípulos. Ele se move de compaixão como quem sente por dentro a dor do povo e os alimenta primeiro com sua palavra, depois, na sequência do texto, com o pão. Que nosso merecido descanso, não nos roube a capacidade de ter compaixão diante dos que mais sofrem... Fale com Deus sobre isso.

-Recorde a cena Bíblica, contemple Jesus ensinando o povo movido de compaixão, recorde as pessoas mais sofridas e repita em seu coração: “Tenho pena desse povo! São como ovelhas sem pastor!” Você é capaz de seguir este exemplo? De tentar fazer uma pequenina parte do que fizeram Jesus e os discípulos pelos outros?
-Jesus “Encheu-se de compaixão por eles.” Para ajudar a refletir, veja o que diz o poema-canção “Gente”, de Caetano Veloso:
“Gente é muito bom. Gente deve ser bom.
Tem de se cuidar, de ser respeitar o bom.
Gente quer ser feliz.
Gente quer respirar ar pelo nariz.
Não, meu nego, não traia nunca essa força não,
Essa força que mora em seu coração.
[...] Gente é para brilhar e não para morrer de fome.”

-Termine sua oração dando graças ao Senhor pelas descobertas neste encontro com Sua Palavra. Peça a graça de sempre caminhar com um olhar misericordioso para com todas as pessoas.

-Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo. Como era no princípio, agora e sempre. Amém!