Você está em:

Igreja celebra memória litúrgica de São João Paulo II

Nesta sexta-feira, 22 de outubro, a Igreja celebra a memória litúrgica de São João Paulo II, que faleceu no dia 2 de abril de 2005. O seu pontificado foi um dos mais longos da história da Igreja, quase 26 anos como bispo de Roma.

O Papa foi canonizado no dia 27 de abril de 2014, com missa celebrada na Praça São Pedro, com a presença de mais de 500 mil pessoas. O milagre que permitiu a canonização foi a cura de uma grave lesão cerebral em Floribhet Mora, em 1º de maio de 2011, dia de sua beatificação. Para relembrar a missão de São João Paulo II, as Pastorais Juvenil e Familiar da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) se uniram para realizar uma live que terá como tema “Sou Missionário da Teologia do Corpo”, a partir das 20h, nas redes sociais.

João Paulo II

São João Paulo II

Nascido em 18 de maio de 1920, em Wadowice, na Polônia. Entrou no seminário em outubro de 1942 e foi ordenado sacerdote em 1946. Após do 12 anos assumiu a função de bispo auxiliar de Cracóvia.

João Paulo II foi o 264º Papa da Igreja Católica, eleito em 1978 como um dos mais jovens pontífices. Nos 26 anos como bispo de Roma escreveu vários documentos: 14 encíclicas, sendo a última Ecclesia de Eucharistia, e 15 exortações apostólicas, a última Pastores Gregis sobre o bispo, servidor do Evangelho de Jesus Cristo para a esperança do mundo.

Foram 11 Constituições apostólicas e 45 cartas apostólicas. Proclamou 1338 beatos e 482 santos. No interno da Igreja, concretizador do Concílio e de reformas, como o novo Código de Direito Canônico, a reforma da Cúria Romana, convocação de 15 sínodos dos bispos, entre outras realizações.