Você está em:

Episcopado brasileiro, reunido na 58ª Assembleia Geral da CNBB, prepara mensagem para o Papa Francisco

 

Os bispos reunidos na 58ª Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) se dedicaram à aprovação de uma mensagem ao Papa Francisco, no primeiro dia do encontro que se iniciou na segunda-feira, dia 12. O texto, redigido por um grupo de bispos, foi apresentado por dom Severino Clasen, arcebispo de Maringá (PR), que integra a equipe de redação. Pela primeira vez na história, a Assembleia Geral dos Bispos do Brasil é realizada no formato virtual.

Em todas as Assembleias Gerais da CNBB, os bispos enviam uma mensagem ao Papa, como gesto de fidelidade e comunhão com o Sumo Pontífice. O episcopado renova sua fidelidade e comunhão com o Papa Francisco, reconhecendo seus inúmeros esforços para construir a unidade na Igreja e favorecer o diálogo inter-religioso e cultural. Também manifesta gratidão pelas iniciativas eclesiais e sociais e pela proximidade e solidariedade do Pontífice com o povo brasileiro, neste tempo de pandemia.

A equipe de redação da mensagem propôs aos bispos escreverem ao Papa sobre os desafios sociais e eclesiais deste momento de pandemia, sem deixar de mencionar as inúmeras iniciativas pastorais e as vozes proféticas que estão surgindo. A mensagem também propõe informar sobre o tema central da Assembleia: “Casa da Palavra: animação bíblica da vida e da pastoral a partir das comunidades eclesiais missionárias”.

O texto proposto conclui-se com o pedido da Bênção Apostólica para cada bispo e pessoa envolvida na realização dessa Assembleia e assegura ao Pontífice a oração dos bispos por sua vida e ministério na Igreja.

Após a apresentação do texto, os bispos que desejaram inscreveram-se pelo chat para fazer apontamentos, correções e sugestões. Ao longo do dia, a equipe de redação ainda receberá correções e emendas, até chegar a uma redação aprovada por todos. A mensagem do episcopado brasileiro ao Papa Francisco deve ser concluída ao longo da semana.