Você está em:

CORONAVÍRUS: o que você deve fazer para se proteger

A Arquidiocese de Belo Horizonte, em comunhão com a Igreja em todo o mundo, está sempre comprometida com a defesa da vida, com o bem-estar de cada pessoa. A vida é dom de Deus, precioso, e por isso mesmo deve ser preservada e promovida, em todas as suas etapas, da fecundação ao declínio, com a morte natural.

Neste momento, a Igreja se une aos que buscam deter a disseminação do Coronavírus, uma ameaça à saúde de todos, sobretudo, à vida dos idosos e enfermos. Ações simples são muito significativas e, para alcançarem o resultado esperado, dependem da adesão de todos.

Veja abaixo as orientações da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais:
(Mais informações no site: coronavirus.saude.mg.gov.br)

Coronavírus é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. A transmissão ocorre de pessoa a pessoa, pelo ar ou por contato com secreções contaminadas, como gotículas de saliva, espirro, tosse, catarro. As formas mais comuns de contaminação são o contato pessoal próximo, a exemplo do toque ou do aperto de mão, e do contato das mãos com objetos ou superfícies contaminadas,  que  depois são levadas à boca, ao nariz ou aos olhos.

Para se prevenir: lave as mãos com frequência, utilizando água e sabão ou use álcool em gel. Cubra o nariz e a boca com o braço ao espirrar ou tossir. Evite aglomerações se estiver doente, mantenha os ambientes bem ventilados e não compartilhe objetos pessoais.

CORONAVÍRUS: o que você deve fazer para se proteger